Coberturas Especiais

chinmay jani 1Nos últimos 30 anos, a incidência do câncer de próstata tem aumentado globalmente, e apesar da diminuição da razão mortalidade-incidência, estudo apresentado no ASCO GU 2024 demonstrou tendências contrastantes entre os países de acordo com a renda. Países de alta renda registaram a maior incidência da doença, mas também a maior diminuição nas taxas de mortalidade, enquanto países de baixa e média renda enfrentam desafios opostos, com um aumento menor na incidência, mas taxas de mortalidade mais elevadas. Os resultados foram apresentados por Chinmay Jani (foto), oncologista do Miami Sylvester Comprehensive Cancer Center.

hari vigneswaranEm uma população etnicamente diversa, o exame de sangue multiparamétrico Stockholm3 poderia reduzir significativamente as biópsias desnecessárias da próstata e diagnosticar o câncer de próstata clinicamente significativo com uma sensibilidade semelhante ao PSA. Os resultados do estudo SEPTA foram apresentados pelo urologista Hari Vigneswaran (foto), do Karolinska Institutet, na sessão Rapid Oral Abstract do ASCO GU 2024.

amanda nizam 2Análise retrospectiva demonstrou que pacientes com carcinoma urotelial avançado que receberam o conjugado anticorpo-medicamento enfortumabe vedotina (EV) após manutenção com avelumabe tiveram resultados semelhantes aos dados que levaram à sua indicação aprovada pela U.S. Food and Drug Administration (FDA). Os resultados foram apresentados na sessão Rapid Oral Abstract pela oncologista Amanda Nizam (foto), da Cleveland Clinic.

mota gu2023Selecionado para apresentação oral no ASCO GU 2024, o estudo CheckMate 67T demonstrou a não inferioridade farmacocinética e de taxa de resposta objetiva de nivolumabe subcutâneo versus intravenoso em pacientes com carcinoma renal de células claras localmente avançado ou metastático. O oncologista José Mauricio Mota (foto), chefe do grupo de tumores geniturinários do ICESP/FMUSP e Oncologia D’Or, é coautor do trabalho.

paulo lagesEstudo retrospectivo de mundo real selecionado para apresentação em pôster no ASCO GU 2024 analisou dados sobre testes de testosterona obtidos de uma instituição brasileira para avaliar a eficácia clínica da leuprorrelina, tanto em monoterapia quanto em combinações, no manejo do câncer de próstata. O oncologista Paulo Sérgio Lages (foto), da Oncoclínicas Brasília, é o primeiro autor do trabalho.

yumi shinkado ascogu24Yumi Ricucci Shinkado (foto), residente de oncologia do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP), é primeira autora de estudo selecionado para apresentação em pôster no ASCO GU 2024 que traz resultados de um coorte retrospectiva de pacientes com câncer de próstata resistente à castração metastático tratados com ciclofosfamida oral na instituição. José Mauricio Mota, chefe do grupo de tumores geniturinários do ICESP/FMUSP e Oncologia D’Or, é o autor sênior do trabalho.

jdaniel kvianna 24Os oncologistas brasileiros João Guedes e Karina Vianna são coautores do ensaio clínico randomizado de Fase 3 PROpel, que demonstrou a eficácia de olaparibe (O) + abiraterona (A) no tratamento de primeira linha de pacientes com câncer de próstata metastático resistente à castração. Agora, no ASCO GU 2024, foram relatados a eficácia por gene de O + A em pacientes com mutações de reparo de recombinação homóloga (HRRm).

cristiane bergerot oficial bxSelecionado como Rapid Oral Abstract no ASCO GU 2024, estudo propôs desenvolver um questionário de qualidade de vida relacionada à saúde para pacientes com câncer de células renais metastático (CCRm). O estudo foi conduzido em três fases, incluindo a participação de pacientes, a expertise de especialistas e o engajamento de um grupo de patient advocates. A psico-oncologista Cristiane Decat Bergerot (foto), do Grupo Oncoclínicas (Brasília), é primeira autora do trabalho.

prostata ascogu21Abordagens que adotam consentimento remoto e kits de coleta domiciliar podem diminuir as barreiras e aumentar a adesão aos testes genéticos em homens com câncer de próstata metastático, facilitando a identificação de alterações da linhagem germinativa. É o que indica estudo selecionado no ASCO GU 2024, com dados prospectivos mostrando que testes genéticos ofertados por meio remoto aumentaram a aceitação na população-alvo.

asco gu 24As pesquisas mais recentes que exploram novas abordagens para a detecção e tratamento de câncer de próstata, bexiga e rim estão entre os destaques do Simpósio de Câncer Geniturinário da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO GU) de 2024, que acontece de 25 a 27 de janeiro, em São Francisco, Califórnia, e comemora este ano sua 20ª edição.