29062022Qua
AtualizadoTer, 28 Jun 2022 2pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Estudo brasileiro descreve o cenário do transplante alogênico em adultos com leucemia linfoblástica aguda no Brasil

wellingtonWellington F. Silva (foto), hematologista do ICESP é primeiro autor de estudo que descreve os resultados do transplante alogênico de células-tronco (TCTH) em pacientes com leucemia linfoblástica aguda (LLA) em centros brasileiros, com resultados que impactam a estratégia de seleção de doadores no nosso país. A análise foi apresentada na ASH 2021 e examina os fatores de risco para sobrevida global (OS), sobrevida livre de doença (DFS), incidência cumulativa de recidiva (CIR), mortalidade sem recidiva (NRM) e doença do enxerto contra hospedeiro (GVHD) após TCTH.


POLARIX: avanço no linfoma difuso de grandes células B

perini 21 bxO conjugado polatuzumabe vedotina em combinação com rituximabe, ciclofosfamida, doxorrubicina e prednisona aumentou a sobrevida livre de progressão em relação ao tratamento padrão para pacientes com linfoma difuso de grandes células B. É o que mostram os resultados do ensaio de Fase 3 POLARIX, destacado como primeiro Late Breaking Abstract da ASH 2021 e publicado simultaneamente na New England Journal of Medicine. Guilherme Perini (foto), hematologista no Hospital Israelita Albert Einstein e coordenador da Hematologia do Grupo Américas, analisa os resultados.

Ponatinibe em combinação com quimioterapia de alta dose na leucemia mieloide crônica em fase blástica

fabio pires bxO estudo prospectivo MATCHPOINT avalia a atividade e tolerabilidade do TKI ponatinibe em combinação com quimioterapia de alta dose para melhorar o status de remissão e os resultados do transplante alogênico de células-tronco em pacientes com leucemia mieloide crônica em fase blástica. Os resultados finais do trabalho foram apresentados no ASH 2021 e publicados simultaneamente no Lancet Hematology. “É um estudo extremamente interessante porque foca em uma necessidade não atendida na oncohematologia, que é o tratamento dos pacientes com leucemia mieloide crônica em fase blástica mieloide”, observa o hematologista Fabio Pires de Souza Santos (foto), médico do Hospital Israelita Albert Einstein e da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo.

Resultados de longo prazo confirmam benefício de asciminib na LMC em fase crônica

ASH Sangue NET OKA análise primária do ensaio pivotal de Fase 3 ASCEMBL demonstrou que asciminib tem eficácia superior e um melhor perfil de segurança comparado a bosutinibe (BOS) no tratamento de pacientes com leucemia mieloide crônica em fase crônica (LMC-CP) após ≥ 2 inibidores de tirosina quinase (TKIs) de ligação ATP. Agora, os pesquisadores relatam na ASH 2021 resultados atualizados de eficácia e segurança após acompanhamento mediano de 19,2 meses (adicional de 7,5 meses) desde a análise primária. O estudo tem participação brasileira, dos hematologistas Laura Fogliatto, Hospital de Clínicas de Porto Alegre; Carla Boquimpani, HEMORIO; e André Abdo, do ICESP.

Axi-Cel mostra resultados de qualidade de vida no linfoma de grandes células B

IDOSO PACIENTE NET OKEstudo randomizado de Fase 3 (ZUMA-7; NCT03391466), com participação de 77 centros em todo o mundo, avaliou a terapia celular CAR-T com axi-cel versus o tratamento padrão (SOC) em pacientes com linfoma de grandes células B (LBCL) que apresentam recidiva ou são refratários à terapia de primeira linha. Mahmoud Elsawy e colegas apresentam na 63ª ASH a primeira análise comparativa de qualidade de vida, com resultados relatados pelos pacientes (PROs). Os dados corroboram o benefício de axi-cel como opção de segunda linha no LBCL recidivado / refratário (R / R).

INSURE: análise agrupada de pacientes com mieloma múltiplo recorrente/refratário tratados com IRd

ASH Sangue NET OK 2Análise de um grande conjunto de dados globalmente representativo agrupado a partir de 3 estudos observacionais avaliou eficácia de ixazomibe, lenalidomida e dexametasona (IRd) na população geral de pacientes de mieloma múltiplo recidivado/refratário, na terapia de segunda linha (LoT) ou ou linhas posteriores, e em subpopulações de pacientes definidas pelo status de fragilidade. Selecionado para apresentação em pôster no ASH 2021, o trabalho demonstrou que a eficácia do IRd na prática clínica de rotina é consistente com a os resultados observados no estudo TOURMALINE-MM1.

ZUMA1: análise de 5 anos mostra sobrevida livre de eventos como surrogate de sobrevida global

caron jacobson bxA 63ª ASH destacou análise atualizada do ensaio de Fase 2 ZUMA-1, que correlaciona sobrevida livre de eventos (EFS) com sobrevida global (OS) em pacientes com linfoma de grandes células B (LBCL) tratados com Axicabtagene Ciloleucel (axi-cel) após ≥4 anos de acompanhamento. Os resultados foram apresentados por Caron Jacobson (foto), do Dana Farber Cancer Center, e demonstram que axi-cel aumentou a OS em pacientes sem eventos (EFS) no mês 12 e no mês 24.

Série brasileira mostra o panorama da COVID-19 em pacientes com mieloma múltiplo

garnica hungriaA hematologista Vânia Hungria (na foto, à esquerda) é autora sênior de estudo que avaliou os fatores de risco e desfechos de COVID-19 em pacientes brasileiros com mieloma múltiplo (MM). O trabalho integra o programa científico da 63ª ASH, o maior encontro da hematologia mundial. A infectologista Marcia Garnica é a primeira autora do trabalho, conduzido em colaboração com o Grupo Brasileiro de Mieloma (GBRAM).

Biópsia líquida no linfoma cerebral

Biopsia Liquida NET OKO DNA tumoral circulante (ctDNA) tem demonstrado grande potencial como biomarcador não invasivo em linfomas sistêmicos. Agora, estudo destacado em Sessão Plenária na ASH 2021 utilizou tecnologias de sequenciamento para explorar o papel do ctDNA em linfomas do sistema nervoso central (LSNC), com resultados que projetam a biopsia líquida como valioso biomarcador para estratificação de risco, com potencial de predizer resultados clínicos e a classificação de LSNC, poupando os pacientes de cirurgia invasiva.

ZUMA-7 mostra benefício de Axi-Cel no tratamento de linfoma de grandes células B recorrente ou refratário

frederick locke 400x225A 63ª edição da ASH apresenta em Sessão Plenária os resultados do ZUMA-7 (NCT03391466), um estudo global, randomizado, de Fase 3, que avaliou a terapia celular CAR T com Axicabtagene Ciloleucel (Axi-Cel/ Yescarta®) versus terapia padrão em pacientes com linfoma de grandes células B recorrente ou refratário (LBCL R / R). Os dados mostram benefício clínico e estatisticamente significativo com a terapia celular CAR T, com sobrevida livre de eventos mais que 4 vezes superior ao padrão de tratamento (8,3 meses versus 2,0 meses; HR 0,398, p <0,0001), o dobro da taxa de resposta completa e perfil de segurança manejável. Diante desses resultados, Axi-Cel demonstrou que pode substituir a quimioimunoterapia e o transplante autólogo como padrão de segunda linha nessa população de pacientes. Nesta análise, foram considerados pacientes ≥18 anos com LBCL, ECOG PS 0–1, doença R / R ≤12 meses e tratamento prévio com anticorpo monoclonal anti-CD20 e antraciclina. O estudo teve publicação simultânea na New England Journal of Medicine (NEJM). 

GMMG-HD7: isatuximabe de indução no mieloma múltiplo recém-diagnosticado elegível para transplante

MAIOLINO NET OKApresentado no ASH 2021, o estudo de Fase III GMMG-HD7 demonstrou que pacientes com mieloma múltiplo recém-diagnosticado que receberam o anticorpo monoclonal anti-CD38 isatuximabe em adição à terapia de indução padrão com lenalidomida, bortezomibe e dexametasona (RVd) foram significativamente mais propensos a alcançar doença residual mínima negativa em comparação com aqueles que receberam apenas RVd. “Este é o primeiro estudo de fase III a desafiar com sucesso um padrão de tratamento amplamente utilizado. Nossos resultados apoiam este tratamento como um novo padrão de tratamento em pacientes elegíveis para transplante com mieloma recém-diagnosticado”, afirmam os pesquisadores. Ângelo Maiolino (foto), professor de hematologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e coordenador de hematologia do Americas Centro de Oncologia Integrado, comenta os resultados.


Publicidade
Publicidade
KITE PHARMA
Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
FARMAUSA
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
300x250 ad onconews200519