Entre pacientes com câncer de cabeça e pescoço, a sarcopenia definida pela tomografia computadorizada foi consistentemente associada a menor sobrevida e maior toxicidade. Os resultados são de revisão sistemática e meta-análise publicada no Annals Of Surgical Oncology.

No estudo, os pesquisadores seguiram um protocolo registrado no PROSPERO, e dois revisores cegos extraíram os dados e avaliaram a qualidade dos estudos incluídos usando a ferramenta Quality In Prognostic Studies (QUIPS), de acordo com as diretrizes PRISMA.

A qualidade da evidência foi avaliada utilizando a estrutura de Classificação de Recomendações, Avaliação, Desenvolvimento e Avaliações (GRADE). Uma meta-análise foi conduzida usando taxas de risco (HR) ajustadas ao máximo com o modelo de efeitos aleatórios. A heterogeneidade foi medida usando a estatística I2 e investigada usando meta-regressão e análises de subgrupos, quando apropriado.

Resultados

Em 37 estudos (11.181 participantes), a sarcopenia foi associada a uma pior sobrevida global (HR 2,11, 95% CI 1,81–2,45; p < 0,01), sobrevida livre de doença (HR 1,76, 95% CI 1,38–2,24; p < 0,01), sobrevida câncer-específica (HR 2,65, 95% CI 1,80–3,90; p < 0,01), sobrevida livre de progressão (HR 2,24, 95% CI 1,21–4,13; p < 0,01) e aumento da toxicidade da quimioterapia ou radioterapia (razão de risco 2,28, 95% CI 1,31–3,95; p < 0,01).

A associação observada entre sarcopenia e sobrevida global permaneceu significativa em diferentes locais de câncer, modalidade de tratamento, estágios do tumor e região geográfica, e não diferiu entre HRs univariadas e multivariadas. Correlações estatisticamente significativas foram observadas entre a área transversal de C3 e L3, massa muscular esquelética e índice músculo esquelético.

“Entre pacientes com câncer de cabeça e pescoço, a sarcopenia definida pela TC foi consistentemente associada a menor sobrevida e maior toxicidade”, concluíram os autores.

Referência:

Koh, J.H., Lim, C.Y.J., Tan, L.T.P. et al. Prevalence and Association of Sarcopenia with Mortality in Patients with Head and Neck Cancer: A Systematic Review and Meta-Analysis. Ann Surg Oncol (2024). https://doi.org/10.1245/s10434-024-15510-7