cardio onco bxEstudo que revisou mais de 8.500 pacientes da Mayo Clinic tratados com inibidores de checkpoint imune (ICI) procurou avaliar o impacto do bloqueio cardíaco completo na mortalidade por miocardite associada a ICI, em análise que apresenta preditores clínicos e dados de incidência.

A miocardite decorrente do tratamento com ICI está associada a risco significativo de mortalidade. As alterações observadas no eletrocardiograma (ECG) têm forte valor prognóstico na miocardite associada a ICI. No entanto, o impacto do bloqueio cardíaco completo (CHB, do inglês complete heart block) não está bem definido.

Neste estudo de coorte que envolveu pacientes com miocardite associada a ICI em três locais da Mayo Clinic, os pesquisadores buscaram dados retrospectivos de 1º de janeiro de 2010 a 31 de setembro de 2022 para avaliar as taxas de mortalidade em 180 dias. Foram avaliadas características clínicas, laboratoriais, eletrocardiográficas, ecocardiográficas e de ressonância magnética cardíaca (RMC). Análises por modelos de Cox e regressão logística foram realizadas para estabelecer associações com mortalidade e CHB, respectivamente.

Dos 34 casos identificados de miocardite por ICI, 7 (20,6%) apresentavam CHB. A CHB foi associada a maior mortalidade (HR 7,41, p = 0,03, fração atribuível 86,5%). Entre aqueles com CHB, os autores descrevem que troponina T (TnT) < 1000 ng/dL, baixa contagem de leucócitos e alta frequência ventricular na admissão foram protetoras. Houve tendência de aumento da sobrevida entre os pacientes com marca-passo permanente (p = 0,051), embora a maioria tenha apresentado complicações decorrentes do dispositivo.

Os fatores associados ao desenvolvimento de CHB incluíram intervalos PR e QRS prolongados e baixo índice de Sokolow Lyon. Quando esses indicadores foram normais e o TnT foi < 1000 ng/dL, não ocorreram mortes. A deformação longitudinal miocárdica prejudicada foi sensível à miocardite por ICI, mas não foi prognosticamente significativa.

“Existe uma forte associação temporal entre CHB e mortalidade precoce em pessoas com miocardite por ICI. Focar nas complicações arritmogênicas pode ser útil na previsão de resultados para esse grupo de indivíduos gravemente enfermos”, concluem os autores.

A publicação destaca, ainda, que o desenvolvimento de CHB está fortemente associado à mortalidade precoce na miocardite por ICI. Aos 6 meses, 86,5% da mortalidade por todas as causas foi atribuída ao bloqueio cardíaco completo.

A íntegra do estudo está disponível em acesso aberto.

Referência: O’Shea, M.P., Karikalan, S.A., Yusuf, A. et al. Complete heart block is a significant predictor of mortality in immune checkpoint inhibitor myocarditis. Cardio-Oncology 9, 34 (2023). https://doi.org/10.1186/s40959-023-00185-y