Um novo volume da série dedicada à prevenção do câncer e produzida pela Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC) já está disponível online, desta vez com foco na redução ou cessação do consumo de bebidas alcoólicas. Estimativas indicam que 741.300 novos casos de câncer foram atribuídos ao consumo de álcool em 2020,  representando globalmente 4,1% de todos os novos casos de câncer, 6,1% entre homens e 2,0% entre mulheres.

Um grupo de trabalho de 15 especialistas internacionais independentes, convocado pela IARC de fevereiro a maio de 2023, revisou o corpo da literatura para avaliar a eficácia da redução ou cessação do consumo de bebidas alcoólicas na redução do risco de cânceres relacionados ao álcool.

O grupo de trabalho revisou e resumiu as evidências epidemiológicas disponíveis e forneceu avaliações baseadas em evidências sobre a eficácia da redução ou cessação do consumo de álcool na redução do risco de cânceres da cavidade oral, faringe, laringe, esôfago, colorretal, fígado e mama feminina. O Grupo de Trabalho também identificou e avaliou os mecanismos de carcinogênese relacionados ao álcool que podem ser revertidos após a cessação.

Para complementar as avaliações, o novo volume da série Handbooks of Cancer Prevention  (Volume 20A) apresenta informações básicas sobre a carga de câncer relacionada ao álcool em todo o mundo, a fração populacional atribuível de cânceres relacionados ao álcool e determinantes da cessação.

O download está gratuitamente disponível. https://publications.iarc.who.int/638

Referência:

Reduction or Cessation of Alcoholic Beverage Consumption
IARC Handbooks of Cancer Prevention Volume 20A