Resultados atualizados do estudo CALGB/SWOG 80702 (Alliance) demonstram, em uma análise prospectiva de subgrupos, que o status mutacional  de PIK3CA foi preditivo de melhor resposta à inibição da COX 2, com maior sobrevida livre de doença (HR, 0,56) entre pacientes com câncer de cólon ressecado estágio III que receberam celecoxib. Esses dados corroboram achados que indicam a potencial utilidade de adicionar seletivamente o inibidor da ciclooxigenase 2 ao tratamento padrão nessa população de pacientes.

Estudos observacionais associaram o uso de aspirina ou inibidor da ciclooxigenase 2 (COX-2) antes ou depois do diagnóstico de câncer colorretal, com menor risco de recorrência, e sugerem que o status mutacional PIK3CA é preditivo de melhor resposta à inibição da COX-2.

Para testar prospectivamente se adicionar o inibidor da COX-2 celecoxib à quimioterapia adjuvante padrão reduz o risco de recorrência e melhora a sobrevida, o National Cancer Institute dos EUA patrocinou o ensaio CALGB/SWOG 80702 (NCT01150045) para pacientes com câncer de cólon ressecado em estágio III. Embora a hipótese primária para todos os pacientes não tenha mostrado melhora estatisticamente significativa na sobrevida livre de doença (SLD) com celecoxib, a análise de subgrupos pelo status mutacional PIK3CA foi um estudo pré-planejado.

Mutações de PIK3CA foram detectadas em 259 de 1.197 tumores com dados de sequenciamento de exoma completo disponíveis. Quando estratificados pelo status PIK3CA, os pacientes com mutações de ganho de função PIK3CA tratados com celecoxib tiveram melhor SLD (razão de risco ajustada [HR], 0,56 [IC de 95%, 0,33 a 0,96]) em comparação com pacientes do tipo selvagem PIK3CA (HR ajustado, 0,89 [IC de 95%, 0,70 a 1,14]), embora o teste de interação não tenha sido significativo (Pinteração = 0,13).

A sobrevida global foi melhorada com celecoxib, tanto em pacientes com mutações de PIK3CA (HR ajustado, 0,44 [IC de 95%, 0,22 a 0,85]), quanto naqueles com tipo selvagem do PIK3CA (HR ajustado, 0,94 [IC de 95%, 0,68 a 1,30]; Pinteração = 0,04).

Embora o teste de heterogeneidade de SLD não tenha alcançado significância estatística, os resultados sugerem utilidade potencial do PIK3CA para considerar o uso seletivo de inibidores de COX-2, além do tratamento padrão para câncer de cólon em estágio III.

Referências:

Jonathan A. Nowak et al., Improved Survival with Adjuvant Cyclooxygenase 2 Inhibition in PIK3CA-Activated Stage III Colon Cancer: CALGB/SWOG 80702 (Alliance). JCO 0, JCO.23.01680
DOI:10.1200/JCO.23.01680