Gil Facina (à direita), chefe da disciplina de Mastologia do departamento de Ginecologia da Unifesp, aborda o câncer de mama em pacientes jovens. Estimativas indicam que apenas 7% dos casos de câncer de mama nos Estados Unidos são diagnosticados em mulheres abaixo dos 35 anos e sabe-se que a idade é fator prognóstico importante. Quais as particularidades envolvidas no tratamento da paciente jovem? Que recomendações são válidas para mastologistas e oncologistas clínicos? Assista.