23112020Seg
AtualizadoSeg, 23 Nov 2020 12pm

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

TAILORx: quimioterapia, terapia endócrina e comprometimento cognitivo

MAMA NET OKAvaliação prospectiva de pacientes com câncer de mama inicial do estudo TAILORx indica que a quimioterapia produz comprometimento cognitivo precoce, mas não sustentado, em relação à terapia endócrina. Os resultados publicados Journal of Clinical Oncology trazem segurança a pacientes e oncologistas sobre a indicação de quimioterapia adjuvante para reduzir o risco de recorrência.

O comprometimento cognitivo relacionado ao câncer (CRCI) é comum durante a quimioterapia adjuvante e pode persistir. O TAILORx forneceu uma nova oportunidade de avaliação prospectiva do comprometimento cognitivo relatado pelo paciente entre mulheres com câncer de mama inicial randomizadas para terapia quimioendócrina versus terapia endócrina isolada, permitindo quantificar a contribuição exclusiva da quimioterapia para o CRCI.

Métodos e resultados 

Mulheres com um score de 11 a 25 em um teste que avalia a expressão de 21 genes foram randomizadas no estudo TAILORX para quimioterapia e terapia endócrina (CT+E) ou terapia endócrina isolada (E). O comprometimento cognitivo foi avaliado entre um subgrupo de 552 mulheres ​​utilizando a Avaliação Funcional da Função Cognitiva da Terapia do Câncer (Questionário FACT-Cog), administrado no baseline e aos 3, 6, 12, 24 e 36 meses. O FACT-Cog incluiu uma escala de 20 itens de Comprometimento Cognitivo Percebido (PCI), principal endpoint da análise.

A pontuação do FACT-Cog PCI foi significativamente menor, indicando mais comprometimento aos 3, 6, 12, 24 e 36 meses em comparação com o baseline nos dois grupos. A magnitude da alteração da PCI foi maior para quimioterapia + terapia endócrina em comparação à terapia endócrina isolada aos 3 meses, endpoint primário pré-especificado, e aos 6 meses, mas não aos 12, 24 e 36 meses. Os testes de interação entre o status menopausal e o tratamento não foram significativos.

“O tratamento adjuvante com quimioterapia + terapia endócrina está associado a um comprometimento cognitivo relacionado ao câncer significativamente maior em comparação com a terapia endócrina isolada aos 3 e 6 meses. Essas diferenças diminuíram com o tempo, sem diferenças significativas observadas aos 12 meses e além, o que indica que a quimioterapia produz comprometimento cognitivo precoce, mas não sustentado, em relação à terapia endócrina. Os achados fornecem segurança a pacientes e clínicos nos quais a quimioterapia adjuvante é indicada para reduzir o risco de recorrência”, concluíram os autores.

Referência: Patient-Reported Cognitive Impairment Among Women With Early Breast Cancer Randomly Assigned to Endocrine Therapy Alone Versus Chemoendocrine Therapy: Results From TAILORx – Lynne Wagner et al - DOI: 10.1200/JCO.19.01866 Journal of Clinical Oncology - Published online April 09, 2020.

 


Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519