30112020Seg
AtualizadoSeg, 30 Nov 2020 1am

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Anvisa aprova elotuzumabe em mieloma múltiplo

sangueA Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aprovou o anticorpo elotuzumabe (Empliciti®, da Bristol–Myers Squibb) para tratamento de mieloma múltiplo recorrente. A aprovação foi baseada nos resultados do estudo ELOQUENT-2, que mostrou o impacto desse novo agente terapêutico na sobrevida global e redução de 30% no risco de progressão.

 

ELOQUENT-2 é um estudo aberto, randomizado, de fase III, que randomizou 646 pacientes de mieloma múltiplo para receber o esquema lenalidomida e dexametasona isoladamente ou associado a elotuzumabe. Após dois anos de seguimento, o braço tratado com elotuzumabe alcançou mediana de sobrevida livre de progressão de 19,4 meses versus 14,9 meses no braço-controle (HR = 0.70; 95% CI, 0.57-0.85; P = .0004). Entre os pacientes de alto risco (del 17p e translocação t), a taxa de resposta objetiva alcançou 79% com elotuzumabe versus 66% no grupo controle (P = .0002).

Em relação ao perfil de segurança, eventos adversos sérios (graus 3 e 4) foram reportados por 65% dos pacientes tratados com elotuzumabe, versus 57% no grupo-controle.

Referência: Lonial S, Dimopoulos MA, Palumbo A, et al. ELOQUENT-2: A phase III, randomized, open-label study of lenalidomide (Len)/dexamethasone (dex) with/without elotuzumab (Elo) in patients (pts) with relapsed/refractory multiple myeloma (RRMM). J Clin Oncol. 2015;(suppl; abstr 8508).

Leia mais: ELOQUENT-2 mostra resultados em mieloma múltiplo

57ª ASH: nova geração de agentes em mieloma múltiplo



Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519