10082022Qua
AtualizadoTer, 09 Ago 2022 8pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Diagnóstico precoce em câncer de pâncreas

chemotherapy_99_P__ncreas_NET_OK.jpgAnálises de citometria de fluxo detectaram níveis elevados do glipicano-1 (GPC1) em exossomas circulantes (crExos) no soro de pacientes com câncer de pâncreas, concluindo que GPC1 + crExos demonstraram especificidade e sensibilidade para distinguir indivíduos saudáveis ​​e pacientes com doença pancreática benigna, de pacientes com câncer pancreático precoce e de fase tardia.

O estudo foi publicado na Nature e os resultados mostram que níveis de GPC1 + crExos  podem se correlacionar com a carga tumoral e sobrevida de pacientes pré e pós-cirúrgicos. Em cobaias, GPC1 + crExos foram capazes de detectar com segurança lesões intra-epiteliais pancreáticas, apesar dos sinais negativos por ressonância magnética.
 
Em conclusão, a análise GPC1 + crExos pode servir como uma potencial ferramenta de diagnóstico e rastreio não-invasivo para detectar estágios iniciais de câncer de pâncreas e facilitar a abordagem  cirúrgica curativa.
 
ReferênciaGlypican-1 identifies cancer exosomes and detects early pancreatic cancerSonia A. Melo, Linda B. Luecke, Christoph Kahlert, Agustin F. Fernandez, Seth T. Gammon, Judith Kaye, Valerie S. LeBleu, Elizabeth A. Mittendorf, Juergen Weitz, Nuh Rahbari, Christoph Reissfelder, Christian Pilarsky, Mario F. Fraga, David Piwnica-Worms  e Raghu Kalluri

 
 

Publicidade
Publicidade
KITE PHARMA
Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
FARMAUSA
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
300x250 ad onconews200519