28112020Sáb
AtualizadoSex, 27 Nov 2020 1pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

ASCO 2020

Consórcio global mostra resultados sobre câncer e COVID-19

covid 4 bxJeremy L. Warner, do Vanderbilt University Medical Center/Vanderbilt-Ingram Cancer Center, apresentou a primeira análise do COVID-19 and Cancer Consortium Registry (CCC19), reportando dados de 928 casos, de 104 instituições. O tratamento da COVID-19 com hidroxicloroquina e azitromicina foi fortemente associado a um risco de morte 2,89 vezes maior; a progressão do câncer aumentou em 5,2 vezes o risco de morte em pacientes com COVID-19 na comparação com pacientes em remissão ou sem evidência de doença (LBA110).

Em um acompanhamento mediano de 21 dias, 121 pacientes (13%) morreram. Todas as mortes ocorreram até 30 dias depois do diagnóstico de COVID-19 (VEJA QUADRO).

Na população com PS ECOG = 2, a letalidade foi ainda maior. “O performance status ECOG ≥ 2 foi associado a um risco 3,89 vezes maior de mortalidade em 30 dias na comparação com o escore ECOG 0/1. O risco de morte em 30 dias praticamente dobrou (1,83) a cada década de vida. Além disso, o câncer estável e não progressivo foi associado a um risco de morte 1,79 vezes maior do que nenhuma evidência de doença”, destacou Warner.

Destacada no programa científico do ASCO 2020, esta análise reflete o esforço do CCC-19, um consórcio que reúne dados de pacientes com COVID-19, cerca de 40% também pacientes de câncer.  “Neste estudo,  temos coletado informações sobre pacientes com câncer infectados com COVID-19. A coleta é através de um registro centralizado, com dados anonimizados e abrigados no Centro Médico da Universidade Vanderbilt”, esclareceu Warner, observando que Estados Unidos e Canadá responderam por grande parte dos casos inscritos no registro, além de inscrições individuais da Argentina, União Europeia e Reino Unido.

Quando estratificados por tipo de câncer, casos de oncologia torácica (10%), linfomas (11%), tumores do trato gastrointestinal (12%), próstata (16%) e mama (20%) foram os mais representados na base do CCC19. A maior parte dos pacientes inscritos no consórcio tem bom performance status (68% PS ECOG 0-1), mediana de idade de 66 anos, 30% acima de 75 anos, 50% homens.  A análise também revela que a maior parte dos inscritos é de caucasianos (50%), seguida de negros ou afro-americanos (16%) e hispânicos (16%). Da população analisada, 39% estavam em tratamento oncológico ativo, 43% com doença mensurável.

Os resultados clínicos mostram que metade dos pacientes incluídos nesta análise (466) foi hospitalizada após o diagnóstico de COVID-19; 14% de todos os pacientes foram admitidos na unidade de terapia intensiva. A ventilação mecânica foi necessária para 12% de todos os pacientes e 44% necessitaram de suplementação de oxigênio.

Na comparação por gênero, os homens tiveram risco 1,63 vezes maior de mortalidade em 30 dias do que as mulheres. Em relação ao status tabágico, ex-fumantes tiveram risco 1,6 vez maior de mortalidade do que os não fumantes.


With a median of 21 days of follow-up, 121 patients (13%) have died

Prognostic factors

Deaths, No. (%)

All patients

121 (13%)

Male sex*

78 (17%)

Former smoker*

64 (20%)

Age* 75+

70 (25%)

Active stable/responding cancer*

41 (14%)

Active progressing cancer*

25 (25%)

ECOG PS* 2+

42 (35%)

No comorbidities

3 (2%)

Hispanic

16 (11%)

Black or African American

20 (14%)

*Independently associated with increased mortality in prognostic model


                                       

Clinical outcomes

No. (%)

Hospitalized

466 (50%)

   Of whom, died

106 (23%)

Admitted to the ICU

132(14%)

   Of whom, died

50 (38%)

   Of whom, age 75+ & died

27/50 (54%)

   Of whom, ECOG PS 2+ & died

15/22 (68%)

Intubated

116 (12%)

   Of whom, died

50 (43%)

   Of whom, age 75+ & died

26/44 (59%)

   Of whom, ECOG PS 2+ & died

11/13 (85%)

*All deaths occurred within 30 days of COVID-19 diagnosis


ECOG PS 2: Ambulatory and capable of all self-care but unable to carry out any work activities. Up and about more than 50% of waking hours

Referência: 
LBA110: Clinical impact of COVID-19 on patients with cancer: Data from the COVID-19 and Cancer Consortium (CCC19). - J Clin Oncol 38: 2020 (suppl; abstr LBA110) - DOI: 10.1200/JCO.2020.38.15_suppl.LBA110

Clinical impact of COVID-19 on patients with cancer: Data from the COVID-19 and Cancer Consortium (CCC19).
First Author: Jeremy Lyle Warner, MD, MS, FASCO
Meeting: 2020 ASCO Virtual Scientific Program
Session Type: Clinical Science Symposium
Session Title: Cancer Care in the Time of COVID:  Assessing Impact and Future Directions
Track: Health Services Research and Quality Improvement
Subtrack: Real-World Data
Abstract #: LBA110

 
Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519