19052022Qui
AtualizadoQua, 18 Maio 2022 11pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Drops de genômica

Entendendo a genômica dos Linfomas Double-Hit (DHL)

Murad 2019 bxEm mais um tópico da coluna ‘Drops de Genômica’, o oncologista André Murad (foto) aborda o Linfoma Double-Hit (DHL), um tipo agressivo de linfoma não Hodgkin de células B (LNH) caracterizado por rearranjos (partes dos genes trocam de lugar dentro dos cromossomos) em dois genes específicos. Confira.

Por André Marcio Murad*

O Linfoma Double-Hit (DHL) é um tipo agressivo de linfoma não Hodgkin de células B (LNH) caracterizado por rearranjos (partes dos genes trocam de lugar dentro dos cromossomos) em dois genes específicos.

Quando há uma translocação do oncogene MYC com o rearranjo de BCL2 ou BCL6, o diagnóstico é de DHL. Às vezes, o gene MYC é translocado com rearranjos BCL2 e BCL6; isso pode ser referido como linfoma triple-hit (THL). Essas alterações cromossômicas anormais são o que definem os diagnósticos e os diferenciam de outros linfomas.

Todos esses três genes são denominados oncogenes. Os oncogenes fornecem as instruções para a morte, a reprodução e também para o funcionamento das células. Esses genes são muito regulados e têm uma ordem específica, mas quando se reorganizam – um processo conhecido como translocação – esse processo pode resultar em câncer.

Com relação às mutações genéticas, o DHL compartilha muitas características com dois outros tipos de linfomas de células B – linfoma difuso de grandes células B (DLBCL) e o linfoma de Burkitt. Na verdade, cerca de 5% dos DLBCLs e cerca de 32% a 78% dos linfomas de Burkitt têm rearranjos dos genes MYC e BCL2/BCL6 e são, portanto, chamados de DHLs. No entanto, os estudos demonstram que o DHL difere de várias maneiras importantes das formas de DLBCL e linfoma de Burkitt que não possuem rearranjos de genes duplos. Por esse motivo, em 2016, a Organização Mundial da Saúde designou o DHL como sua própria categoria de LNH de células B.

A maioria dos casos de linfoma double-hit é de origem de células B do centro germinativo (GCB), enquanto a maioria dos casos de linfomas duplo-expressores (DEL) sem nenhum hit são de origem de células B ativadas (ABC).

drops linfoma

*André Murad é diretor científico do Grupo Brasileiro de Oncologia de Precisão (GBOP), diretor clínico da Personal - Oncologia de Precisão e Personalizada, professor adjunto coordenador da Disciplina de Oncologia da Faculdade de Medicina da UFMG, e oncologista e oncogeneticista da CETTRO Oncologia (DF)
Publicidade
KITE PHARMA
Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
300x250 ad onconews200519