26102021Ter
AtualizadoSeg, 25 Out 2021 12am

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Toxicidade financeira na gestão dos sintomas do câncer

FARMACOECONOMIA NET OK 2A toxicidade financeira dos medicamentos empregados no tratamento do câncer é bem documentada, mas pouco se sabe sobre os custos dos medicamentos usados ​​para controlar os sintomas decorrentes do tratamento. É o que argumentam Gupta et al em estudo reportado no JCO Oncology Practice, que avaliou o preço de varejo dos medicamentos mais utilizados para a gestão de 7 sintomas comuns no tratamento oncológico: 1) anorexia e caquexia, 2) neuropatia periférica induzida por quimioterapia, 3) constipação, 4) diarreia, 5) insuficiência pancreática exócrina, 6) fadiga e 7) náusea e vômito induzidos por quimioterapia.

Os pesquisadores utilizaram um website (GoodRx) para identificar o preço de varejo (preço à vista em farmácias) e o preço mais baixo para cada medicamento ou formulação empregada no controle dos sintomas. As variações (minimo-máximo) foram descritas para cada um dos 7 grupos de sintomas considerados na análise: 1) anorexia e caquexia, 2) neuropatia periférica induzida por quimioterapia, 3) constipação, 4) diarreia, 5) insuficiência pancreática exócrina, 6) fadiga e 7) náusea e vômito induzidos por quimioterapia.

Resultados

Gupta et al. descrevem que os custos para a gestão da anorexia e caquexia variaram de 5 dólares americanos (USD) para a olanzapina genérica ou comprimidos de mirtazapina, até USD$ 1.156 para a solução de dronabinol de marca. Os preços variaram tanto de acordo com a formulação quanto para a dosagem de um mesmo medicamento. É o caso da olanzapina, que oscilou de USD$ 5 (comprimido genérico de 5 mg) a USD$ 239 (comprimido de desintegração oral de marca).

Para neuropatia periférica induzida por quimioterapia, os custos da duloxetina variaram de USD $ 12 (genérico) a USD $ 529 (de marca).

Para constipação, o custo dos senosídeos ou polietilenoglicol foi inferior a USD$ 15, enquanto para os agentes mais modernos, como a metilnaltrexona, o custo chegou a USD$ 1.001. Para diarreia, o custo dos comprimidos genéricos de loperamida ou difenoxilato-atropina foi < USD$ 15.

Para a insuficiência pancreática exócrina, apenas formulações de marca estavam disponíveis e a faixa de custo foi de USD $ 1.072 USD a USD$ 1.514. Para a fadiga associada ao câncer, o custo da dexametasona ou dexmetilfenidato genérica era < USD$ 15, enquanto o modafinil de marca alcançou (USD$ 1.284. Para um regime de profilaxia com 4 drogas para náuseas e vômitos, os custos variaram de USD$ 181 a USD$ 1.430.

“Destacamos os altos custos de muitos medicamentos para o controle dos sintomas e a grande variação no preço desses medicamentos. Essas descobertas podem orientar as discussões entre paciente e médico sobre o gerenciamento de sintomas de maneira econômica, ao mesmo tempo em que promove o uso de formulações mais baratas, quando possível”, apontam os autores. 

Referência: Gupta et al. Financial burden of drugs prescrived for cancer associated symptoms. DOI: 10.1200/OP.21.00466 JCO Oncology Practice - Published online September 24, 2021.


Publicidade
Outubro Rosa A.C.Camargo 2021
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519