24112020Ter
AtualizadoSeg, 23 Nov 2020 9pm

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

IGCS 2018: Destaques no câncer ginecológico

GLAUCO NET OKO cirurgião oncológico Glauco Baiocchi (foto), diretor do Departamento de Ginecologia Oncológica do A.C.Camargo Cancer Center e membro do Grupo Brasileiro de Tumores Tumores Ginecológicos (EVA/GBTG), participou do 17º Congresso da International Gynecologic Cancer Society (IGCS 2018), que aconteceu entre os dias 14 e 16 de setembro em Kyoto, Japão. Em artigo exclusivo, o especialista comenta alguns dos estudos que foram destaque no encontro.

Por Glauco Baiocchi

Entre os trabalhos apresentados de forma oral, destacam-se três trabalhos apresentados em plenária. Dois deles são referentes ao estudo LACC (estudo prospectivo randomizado entre cirurgia minimamente invasiva e laparoscopia no tratamento do câncer do colo do útero).

Andreas Obermair, cirurgião oncológico no Queensland Centre for Gynaecological Cancer apresentou os dados referentes à prevalência de eventos adversos entre os grupos submetidos a cirurgia de histerectomia radical via minimamente invasiva (CMI) ou cirurgia via aberta (LP-laparotomia)1. Foram incluídas na análise 571 pacientes com seguimento mínimo de 6 meses (274 CMI vs 297 LP). No geral, a proporção entre as complicações intra-operatórias, pós-operatórias e complicações graves foi semelhante entre os grupos. Porém, alguns detalhes merecem destaque. Para o grupo LP, houve maior prevalência de perda sanguínea (200ml vs 100ml), transfusão sanguínea e infecção de ferida operatória (6,2% vs 1,4%), porém com menor tempo operatório (196 min vs 226 min).

Ainda em relação ao estudo LACC, o cirurgião oncológico Michael Frumovitz, do MD Anderson Cancer Center, apresentou os resultados referentes aos questionários de qualidade de vida, com resultados gerais e específicos de câncer do colo do útero bastantes semelhantes entre os grupos CMI e LP em 1 semana após a cirurgia e após esse período. Apenas a mobilidade foi diminuída no grupo da LP no período de até 1 semana da cirurgia, porém, a diferença se resolveu em 6 semanas.2

Assim como a sobrevida do estudo LACC apresentados no Congresso da SGO de 2018, os resultados de eventos adversos e qualidade de vida do estudo LACC apresentados também surpreenderam os especialistas, já que dados de diversos estudos retrospectivos sugeriam o benefício da cirurgia minimamente invasiva em relação a complicações e qualidade de vida.

Outro importante estudo apresentado em Plenária pela médica Siriwan Tangjitgamol randomizou 259 pacientes com câncer do colo localmente avançado (estádios IIB-IVA) para receber tratamento padrão de radioterapia associado à quimioterapia com cisplatina (RxT + QT; grupo A) ou RxT+QT seguido de 3 ciclos de quimioterapia adjuvante com carboplatina e paclitaxel (grupo B).3 O objetivo primário foi a sobrevida livre de doença em 3 anos. Com seguimento mediano de 27 meses, a taxa de recidiva foi semelhante (15,5% A vs 10,8% B, p=0,12), e a taxa de recidiva à distância foi menor (10,1% A vs 5,4% B, p=0,029). Porém, a sobrevida livre de doença e sobrevida global em 3 anos foram semelhantes entre os grupos.

Referências:

1 - Incidence of adverse events comparing abdominal vs. Minimally invasive radical hysterectomy in patients with early-stage cervical cancer: LACC TRIAL - A. Obermair, R. Asher, M. Frumovitz, R. Pareja, A. Lopez, M. Viera, R. Ribeiro, A. Buda, X. Yan, K.P. Robledo, V. Gebski, R.L. Coleman, P.T. Ramirez

2 - Quality of life assessment in early-stage cervical cancer patients in undergoing radical hysterectomy via minimally invasive surgery or open approach: THE LACC TRIAL - M. Frumovitz, A. Obermair, R. Pareja, A. Lopez, M. de Andrade Vieira, R. Ribeiro, A. Buda, X. Yan, K. Robledo, R. Asher, V. Gebski, V. Behan, R. Coleman, P. Ramirez

3 - ACTLACC TRIAL: A phase III randomized trial comparing adjuvant chemotherapy after concurrent chemoradiation versus concurrent chemoradiation alone for locally advanced cervical cancer - S. Tangjitgamol, E. Tharavichitkul, C. Tovanabutra, K. Rongsriyam, T. Asakij, K. Paengchit, J. Sukhaboon, S. Penpattanagul, G.C.A. Kridakara, J. hanprasertpong, K. Chomprasert, S. Wanglikitkoon, T. Atjimakul, S.L.P. Pariyawateekul, K. Katanyoo, P. Tanprasert, W. Janweerachai, J. Khunnarong, J. Srisomboon, V. Lorvidhaya


Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519