28112020Sáb
AtualizadoSex, 27 Nov 2020 1pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Risco de cancer de mama e história de câncer de próstata

BALANCO_MAMA_bx.jpgTer uma história familiar de câncer de próstata entre parentes de primeiro grau pode aumentar o risco de uma mulher desenvolver câncer de mama. Essa é a conclusão publicada na revista Cancer, da American Cancer Society, a partir de um estudo com 78.171 mulheres inscritas no Estudo Observacional da Mulher, entre 1993 e 1998. Os resultados do estudo indicam que os médicos devem levantar a história familiar completa de todos os tipos de câncer em membros da família para ajudar a avaliar o risco individual de câncer.

Evidências sugerem que o risco de desenvolver câncer de mama aumenta entre indivíduos com história familiar de câncer de próstata, especialmente entre parentes de primeiro grau. No entanto, pouco se sabe sobre a relação entre câncer de mama e de próstata de base familiar.

O estudo foi coordenado por Jennifer L. Beebe-Dimmer, do Instituto do Câncer Barbara Ann Karmanos e da Universidade de Medicina de Wayne, em Detroit. Jennifer e colaboradores avaliaram 78.171 mulheres que se inscreveram no Estudo Observacional da Mulher, entre 1993 e 1998 e não apresentavam diagnóstico do câncer de mama no início do estudo. Durante o seguimento, que terminou em 2009, um total de 3.506 casos haviam sido diagnosticados. Os pesquisadores descobriram que uma história familiar de câncer de próstata em parentes de primeiro grau (pais, irmãos e filhos) foi associada a um aumento de 14% no risco de câncer de mama para as mulheres (hazard ratio ajustado [AHR], 1,14; intervalo de confiança de 95% [IC], 1,02-1,26). Em análises separadas, que examinaram o impacto conjunto de ambos os tipos de câncer, uma história familiar de câncer de mama e de próstata foi associado a um aumento de 78% no risco de câncer de mama (AHR, 1,78; 95% CI, 1,45-2,19).

 Os riscos foram maiores entre as mulheres afro-americanas (AHR, 2.34; 95% CI, 1.09-5.02) na comparação com mulheres brancas (AHR, 1.66; 95% CI, 1.33-2.08).

"O aumento no risco de câncer de mama associado a uma história familiar positiva para câncer de próstata é modesto; No entanto, as mulheres com histórico familiar de mama e câncer de próstata entre parentes de primeiro grau têm um aumento de quase 2 vezes no risco de câncer de mama ", disse a pesquisadora que chefiou o estudo. Ela também observou que pacientes e médicos podem não considerar determinados diagnósticos de câncer entre os membros da família, especialmente aqueles em pessoas do sexo oposto, mas que diante dos resultados isso deve ser considerado nas avaliações de risco de câncer. "Estes resultados são importantes na medida em que eles podem ser usados para apoiar uma abordagem por parte dos clínicos para coletar uma história familiar completa de todos os tipos de câncer, particularmente entre parentes de primeiro grau, a fim de avaliar o risco do paciente de desenvolver câncer", concluiu.

Referências:
“Familial clustering of breast and prostate cancer and risk of postmenopausal breast cancer in the Women’s Health Initiative (WHI) study.” 


Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519