01072022Sex
AtualizadoSex, 01 Jul 2022 12pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

2022

Desintensificação terapêutica no câncer de mama luminal

MAMA bxCom base na triagem de biomarcadores, pacientes com 55 anos de idade ou mais com câncer de mama luminal A de baixo grau podem receber apenas terapia endócrina após a cirurgia conservadora da mama e ser poupadas de radioterapia, sugere estudo canadense apresentado no ASCO 2022.

Neste estudo (LUMINA) foram consideradas 500 pacientes com câncer de mama sem comprometimento nodal, com 55 anos de idade ou mais e tumores luminais do tipo A (13,25% ou menos das células tumorais tinham o marcador de proteína Ki67).

Nas pacientes que foram tratadas com cirurgia conservadora da mama seguida de terapia endócrina, mas não de radioterapia, a taxa de recorrência local em cinco anos foi de 2,3%, cumprindo o endpoint primário especificado no desenho do estudo. O risco de recorrência na mama oposta foi de apenas 1,9%. A taxa de sobrevida livre de recorrência alcançou 97,3%, a sobrevida livre de doença foi de 89,9% e a taxa de sobrevida global (SG) de 97,2%.

Os resultados indicam que há um subgrupo de pacientes com câncer de mama que pode evitar a radioterapia, achado que pode mudar a prática médica.

“Estudos anteriores mostraram que outros biomarcadores tumorais identificaram pacientes com risco muito baixo de recorrência, omitindo assim a quimioterapia, pois é improvável que ofereça benefícios. Os resultados do LUMINA mostram que mulheres com níveis baixos do biomarcador Ki67 podem evitar desfechos relacionados à radioterapia, incluindo efeitos colaterais agudos e tardios significativos, como fadiga, e até efeitos colaterais raros com risco de vida de doenças cardíacas e segundo câncer”, disse o autor principal, Timothy Joseph Whelan, professor do Departamento de Oncologia e chair do grupo de pesquisa em câncer de mama da Universidade McMaster, também responsável pela radioterapia no Juravinski Cancer Center em Hamilton, Ontário, Canadá.

É nesse contexto que o estudo canadense reforça a tendência de desintensificação terapêutica. Estudos anteriores em mulheres com mais de 70 anos mostraram risco de recorrência local de cerca de 4 a 5%. Os achados do LUMINA sugerem que no câncer de mama luminal A, o risco é menor, mesmo em mulheres mais jovens entre 55 e 75 anos.

“Esses dados podem afetar grande número de pacientes com câncer que têm risco muito baixo de recorrência, mesmo sem radioterapia. Essas descobertas são as primeiras de uma série de estudos recentes em câncer de mama que buscam reduzir os tratamentos que ainda são comumente usados, mas que podem não ser necessários para pacientes adequadamente selecionados”, disse Corey Wayne Speers, especialista em radioterapia.

Em 2022, estima-se que 287.850 novos casos de câncer de mama invasivo sejam diagnosticados nos Estados Unidos. O luminal A é o subtipo mais comum de câncer de mama e representa 50-60% de todos os tumores de mama diagnosticados

Outcome

Events at 5 years

% 5-year Rate (90% CI)

LR

10

2.3 (1.3, 3.8)

Contralateral BC

8

1.9 (1.1, 3.2)

RFS

12

97.3 (95.9, 98.4)

DFS

47 (23 second non-BCs)

89.9 (87.5, 92.2)

OS

13 (1 BC death)

97.2 (95.9, 98.4)


Em cinco anos, o estudo LUMINA mostrou:

2,3% de risco de recorrência local, endpoint primário

1,9% de risco de desenvolver câncer de mama na mama oposta

Taxa de sobrevida livre de recorrência de 97,3%

Taxa de sobrevida livre de doença de 89,9%

Taxa de sobrevida global de 97,2%.

Referência: LUMINA: A prospective trial omitting radiotherapy (RT) following breast conserving surgery (BCS) in T1N0 luminal A breast cancer (BC).
Timothy Joseph Whelan, McMaster University
Abstract #: LBA501
Clinical Trial Registry Number: NCT01791829
Citation: J Clin Oncol 40, 2022 (suppl 17; abstr LBA501)
DOI: 10.1200/JCO.2022.40.17_suppl.LBA501
https://meetinglibrary.asco.org/embargo/record/208258/abstract 

Publicidade
Publicidade
KITE PHARMA
Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
FARMAUSA
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
300x250 ad onconews200519