29022024Qui
AtualizadoQua, 28 Fev 2024 5pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

 

Coberturas Especiais

MATTERHORN: FLOT + durvalumabe no câncer gástrico e JEG

sulene okNa primeira análise interina, o estudo global MATTERHORN mostrou uma melhoria estatisticamente significativa na resposta patológica completa (pCR) com durvalumabe + FLOT (5-fluorouracil, leucovorina, oxaliplatina e docetaxel) perioperatório versus placebo + FLOT em pacientes com câncer gástrico e de junção esofagogástrica (JEG). Agora, no ASCO GI 2024, foram apresentadas análises de subgrupos por região e país para avaliar as taxas de pCR com FLOT e o benefício de durvalumabe + FLOT em toda a população global do estudo. O trabalho tem participação da oncologista brasileira Sulene Oliveira (foto), do serviço de pesquisa clínica da Liga Norte Riograndense Contra o Câncer.

No estudo, pacientes com câncer gástrico e de junção esofagogástrica (JEG) ressecável foram randomizados 1:1 para durvalumabe (D) 1500 mg ou placebo a cada 4 semanas (Q4W) no Dia 1 mais FLOT Q2W nos Dias 1 e 15 por 4 ciclos (2 doses de D ou P e 4 doses de FLOT pré e pós-operatório), seguido por D 1500 mg ou P no Dia 1 Q4W por mais 10 ciclos. A randomização foi estratificada por Ásia versus não-Ásia. O pCR (Ryan modificado; revisão central) foi avaliado em subgrupos regionais pré-especificados (Ásia) e post hoc, incluindo 6 países com o maior número de pacientes randomizados.

Resultados

Dos 948 pacientes randomizados globalmente, 180 pacientes (19%) estavam na Ásia. Os resultados de resposta patológica completa com FLOT na Ásia foram consistentes com os resultados globais. As taxas de pCR melhoraram com D + FLOT vs P + FLOT em todas as regiões (Ásia, Europa, América do Norte e América do Sul, tabela), apesar de alguns desequilíbrios nas características basais e diferenças numéricas nas taxas de pCR por localização geográfica.

A taxa de pCR com P + FLOT no subgrupo alemão (13%; IC 95%, 6,1–23,0) foi semelhante àquela com FLOT no estudo FLOT4. A melhoria no pCR com D + FLOT vs P + FLOT foi observada em todos os subgrupos por país. Foram observadas tendências semelhantes em todos os subgrupos regionais para a taxa de resposta combinada completa e quase completa.

“No MATTERHORN, o pCR foi consistentemente melhorado com a adição de durvalumabe ao regime FLOT perioperatório em pacientes com câncer gástrico/JEG em todas as regiões geográficas. O estudo está em andamento com o endpoint principal de sobrevida livre de eventos.

RegionD + FLOT: pCR, n/N; % (95% CI)P + FLOT: pCR, n/N; % (95% CI)Odds Ratio (95% CI)
Global 91/474; 19 (15.7–23.0) 34/474; 7 (5.0–9.9) 3.08 (2.03–4.67)
Asia 17/90; 19 (11.4–28.5) 5/90; 6 (1.8–12.5) 3.96 (1.39–11.26)
 Japan 7/40; 18 (7.3–32.8) 3/46; 7 (1.4–17.9) 3.04 (0.73–12.66)
Europe 47/256; 18 (13.8–23.7) 21/250; 8 (5.3–12.6) 2.45 (1.42–4.24)
 Germany 14/47; 30 (17.3–44.9) 9/70; 13 (6.1–23.0) 2.88 (1.13–7.35)
 Spain 6/37; 16 (6.2–32.0) 3/24; 13 (2.7–32.4) 1.35 (0.30–6.03)
 Poland 9/37; 24 (11.8–41.2) 3/22; 14 (2.9–34.9) 2.04 (0.49–8.51)
North America 12/42; 29 (15.7–44.6) 3/40; 8 (1.6–20.4) 4.93 (1.27–19.10)
 USA 4/24; 17 (4.7–37.4) 3/29; 10 (2.2–27.4) 1.73 (0.35–8.64)
South America 15/86; 17 (10.1–27.1) 5/94; 5 (1.7–12.0) 3.76 (1.30–10.84)
 Brazil 7/24; 29 (12.6–51.1) 1/30; 3 (0.1–17.2) 11.94 (1.35–105.54)

O estudo está registrado em ClinialTrials.Gov (NCT04592913) e foi financiado pela AstraZeneca.

Referência: Pathological complete response (pCR) to 5-fluorouracil, leucovorin, oxaliplatin and docetaxel (FLOT) with or without durvalumab (D) in resectable gastric and gastroesophageal junction cancer (GC/GEJC): Subgroup analysis by region from the phase 3, randomized, double-blind MATTERHORN study. Citation J Clin Oncol 42, 2024 (suppl 3; abstr LBA246) 

Publicidade
ASTRAZENECA
Publicidade
ABBVIE
Publicidade
LIBBS
Publicidade
SANOFI
Publicidade
ASTRAZENECA
Publicidade
ASTELLAS
Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
SANOFI
Publicidade
INTEGRAL HOME CARE
Publicidade
300x250 ad onconews200519