17012021Dom
AtualizadoSáb, 16 Jan 2021 11pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

SAN ANTONIO 2020

Trastuzumab deruxtecan no câncer de mama HR+ HER2 low

Bardia bxTrastuzumab deruxtecan (T-DXd; DS-8201) versus quimioterapia de escolha do investigador no câncer de mama metastático, em pacientes com baixa expressão de HER2, receptor hormonal positivo (HR+) e progressão da doença após terapia endócrina no cenário metastático. Esse é o desenho do ensaio randomizado de Fase III DESTINY- Breast06 selecionado para o SABCS 2020 , na sessão Trial in Progress. O oncologista Aditya Bardia (foto), da Harvard Medical School, é o pesquisador sênior do estudo.

O ensaio está recrutando pacientes em cerca de 300 centros do mundo. Aproximadamente 850 pacientes (HER2 low, n = 700; IHC> 0 <1+, n = 150) serão randomizados 1: 1 para receber T-DXd 5,4 mg / kg a cada 3 semanas ou quimioterapia de escolha do investigador (paclitaxel, nab-paclitaxel ou capecitabina) até progressão da doença, toxicidade intolerável ou morte.

São elegíveis pacientes em progressão após ≥ 2 linhas de terapia endócrina e não expostos à quimioterapia anterior ou qualquer terapia anti-HER2 para doença metastática. A randomização será estratificada pelo uso prévio do inibidor CDK4 / 6 (sim vs não), expressão de HER2 IHC (IHC2 + / ISH− vs IHC 1+ vs IHC> 0 <1+) e uso prévio de taxano no cenário não metastático (sim vs não).

O endpoint primário é sobrevida livre de progressão (SLP) por revisão central independente e cega (BICR) na população com baixa expressão de HER2 (HER2 low). Os principais endpoints secundários são sobrevida global (SG) em pacientes HER2 e em uma população por intenção de tratar (ITT; HER2 low e HER2 IHC> 0 <1+) e SLP por BICR na população ITT.

Outros desfechos secundários são ORR por BICR e na avaliação do investigador (de acordo com RECIST 1.1), duração da resposta por BICR e investigador, tempo para a segunda progressão ou morte na análise do investigador, tempo para o primeiro tratamento ou morte subsequente e tempo para o segundo tratamento ou morte (todos nas populações HER2 low e ITT); SLP na avaliação do investigador na população HER2 low, além de dados de segurança e farmacocinética.

Pacientes com câncer de mama com baixa expressão de HER2 (HER2 low) e receptor hormonal positivo (HR+) geralmente recebem tratamento inicial com terapia endócrina ± terapias direcionadas (inibidores de CDK4 / 6, PI3K ou mTOR). “Após a progressão da doença, os pacientes são tratados com quimioterapia, que demonstra benefício clínico limitado. Há uma necessidade não atendida de tratamentos que forneçam um perfil de risco-benefício superior em comparação com a quimioterapia padrão”, descrevem os autores.

T-DXd é um anticorpo droga conjugado aprovado pelo FDA que mostrou atividade antitumoral não apenas em pacientes com câncer de mama com HER2 superexpresso (IHC3 + / 2 + ISH +), mas também naqueles com baixa expressão de HER2 (IHC1 + / 2 + ISH−). 

Referência: OT-03-09 - Trastuzumab deruxtecan (T-DXd; DS-8201) vs investigator’s choice of chemotherapy in patients with hormone receptor-positive (HR+), HER2 low metastatic breast cancer whose disease has progressed on endocrine therapy in the metastatic setting: A randomized, global phase 3 trial (DESTINY- Breast06) - Aditya Bardia et al.

Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519