04032021Qui
AtualizadoQua, 03 Mar 2021 10pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Biópsia por fusão no câncer de próstata de alto risco

prostata_bx1.jpgA nova tecnologia de fusão que combina imagens de ressonância magnética com ultrassom é mais eficaz do que a biópsia padrão na detecção de câncer de próstata de alto risco, de acordo com um estudo publicado no JAMA no dia 27 de janeiro. Mais de mil homens participaram da pesquisa, durante um período de sete anos.

Os pesquisadores identificaram 30% mais casos de câncer de próstata de alto risco pela biópsia guiada por fusão em comparação com o método tradicional, enquanto o diagnóstico de cânceres de baixo risco foi 17% menor pela nova abordagem, em comparação com a biópsia mais antiga.

 Em uma biópsia orientada, as imagens de ressonância magnética são fundidas com imagens de ultrassom em tempo real, criando um mapa da próstata que permite aos médicos identificar e testar áreas suspeitas. Em uma biópsia padrão, os médicos usam a orientação do ultrassom para retirar múltiplas amostras de tecido da glândula, ao acaso.

"Este estudo demonstra que a biópsia guiada por fusão pode melhorar significativamente a capacidade de identificar pacientes com câncer de próstata de alto risco que necessitam de um tratamento mais agressivo", diz o principal autor da investigação, Mohummad Minhaj Siddiqui, professor de cirurgia na Universidade de Maryland ."Com a tecnologia de fusão, agora temos ferramenta disponível para nos ajudar a diferenciar os cânceres de alto risco dos tumores de baixo risco que requerem tratamento mínimo ou nenhuma intervenção", diz o especialista, confirmando que os dados iniciais sugerem que a nova tecnologia realmente permite fazer um diagnóstico mais confiável do que o padrão atual.

Embora o método seja bastante promissor, mais pesquisas são necessárias para validar essa tecnologia no diagnóstico de homens com câncer de próstata de alto grau.

O estudo foi financiado pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NIH) e envolveu 1.003 participantes, de 2007 a 2014.

Referências:
Comparison of MRI-Ultrasound Fusion-Guided Biopsy with Ultrasound-Guided Biopsy for the Diagnosis of Prostate Cancer
M. Minhaj Siddiqui, M.D., Soroush Rais−Bahrami, M.D., Baris Turkbey, M.D., Arvin George, M.D., Jason Rothwax,, Nabeel Shakira, Chino Okoroa, Dima Raskolnikova, Howard L. Parnes, M.D., W. Marston Linehan, M.D., Maria J. Merino, M.D., Richard M. Simon, PhD., Peter L. Choyke, M.D., Bradford J. Wood, M.D. and Peter A. Pinto, M.D.


Fonte: New Research In JAMA: Targeted MRI/Ultrasound Fusion Technique More Effective Than Standard Biopsy To Detect High-Risk Prostate Cancer | University of Maryland Medical Center

 

Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519