29022024Qui
AtualizadoQua, 28 Fev 2024 5pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

 

Suplemento multivitamínico pós-diagnóstico e sobrevida no câncer colorretal

ComprimidosO uso de suplementos multivitamínicos em dose moderada após o diagnóstico de câncer colorretal (CCR) não metastático está associado a menor mortalidade por todas as causas e específica por CCR. É o que demonstra estudo de coorte prospectivo publicado na Cancer, periódico da American Cancer Society.

O uso de suplementos multivitamínicos tem sido associado à menor incidência de câncer colorretal (CCR). No entanto, a sua influência na sobrevida do CCR permanece desconhecida.

Entre 2.424 pacientes com CCR em estágio I-III que forneceram informações detalhadas sobre suplementos multivitamínicos no Nurses' Health Study e no Health Professionals Follow-up Study, os autores calcularam taxas de risco (HR) multivariáveis de suplementos multivitamínicos para mortalidade por todas as causas e específicas para câncer colorretal de acordo com uso pós-diagnóstico e dose de suplementos multivitamínicos.

Resultados

Durante um acompanhamento médio de 11 anos, os autores documentaram 1.512 mortes, sendo 343 por câncer colorretal. Em comparação com os não-usuários, os usuários de suplementos multivitamínicos pós-diagnóstico na dose de 3–5 comprimidos/semana tiveram menor mortalidade específica por CCR (HR, 0,55; 95% CI, 0,36–0,83, p = 0,005), e usuários pós-diagnóstico em doses de 3–5 e 6–9 comprimidos/semana tiveram menor mortalidade por todas as causas (HR, 0,81; IC 95%, 0,67–0,99, p = 0,04; HR, 0,79; 95% IC, 0,70–0,88), p < 0,001).

A análise dose-resposta mostrou uma relação curvilínea tanto para mortalidade específica de CCR (pnão linearidade < 0,001) quanto para mortalidade por todas as causas (pnão linearidade = 0,004), com a redução máxima do risco observada com 3–5 comprimidos/semana e nenhuma redução adicional com doses mais altas. Em comparação com não usuários nos períodos pré e pós-diagnóstico, os novos usuários pós-diagnóstico com dose <10 comprimidos/semana tiveram menor mortalidade por todas as causas (HR, 0,81; IC 95%, 0,71–0,94, p = 0,005), enquanto novos usuários com uma dose ≥10 comprimidos/semana (HR, 1,58; IC 95%, 1,07–2,33) e usuários descontinuados (HR, 1,35; IC 95%, 1,14–1,59) tiveram um risco maior de mortalidade.

“O uso de suplementos multivitamínicos em dose moderada após o diagnóstico de câncer colorretal não metastático está associado a menor mortalidade geral e mortalidade específica por CCR, enquanto o uso de altas doses (≥10 comprimidos/semana) está associado a maior mortalidade câncer-específica”, concluíram os autores.

Referência: He M-m, Wang K, Lo C-H, et al. Post-diagnostic multivitamin supplement use and colorectal cancer survival: a prospective cohort study. Cancer. 2024; 1-11. doi:10.1002/cncr.35234

 


Publicidade
ASTRAZENECA
Publicidade
ABBVIE
Publicidade
LIBBS
Publicidade
SANOFI
Publicidade
ASTRAZENECA
Publicidade
ASTELLAS
Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
SANOFI
Publicidade
INTEGRAL HOME CARE
Publicidade
300x250 ad onconews200519