29022024Qui
AtualizadoQua, 28 Fev 2024 5pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

 

Resultados do DREAMM-7 suportam potencial padrão de cuidados no Mieloma Múltiplo

hungria 22 bxA médica e pesquisadora Vânia Hungria (foto), da Clínica São Germano, é autora sênior de estudo destacado na ASCO Plenary Series de fevereiro, com dados de eficácia e segurança do conjugado belantamab mafodotin (belamaf) + bortezomibe e dexametasona em pacientes com mieloma múltiplo recorrente ou refratário (MMRR). Os resultados apoiam esse regime de combinação como potencial novo padrão de cuidados nessa população de pacientes.

Neste estudo randomizado, aberto, de fase 3 (DREAMM-7), os pesquisadores avaliaram o conjugado anticorpo droga Belamaf (BLENREP®; GlaxoSmithKline) em combinação com bortezomibe e dexametasona (BVd) versus daratumumabe, bortezomibe e dexametasonea (DVd) em pacientes com MMRR.

Os pacientes com ≥1 linha de tratamento anterior foram randomizados (1:1) para BVd: B 2,5 mg/kg IV Q3W + V 1,3 mg/m2 (D1, 4, 8, 11 dos ciclos de 21 dias (C); até 8 C ) + d 20 mg (D1, 2, 4, 5, 8, 9, 11, 12; até 8 C) ou DVd: D 16 mg/kg (21 dias C), C1-3, Q1W, C4- 8, Q3W e Q4W a partir de C 9); Os horários V e d eram os mesmos. O endpoint primário foi a sobrevida livre de progressão (SLP) avaliada por comitê de revisão independente. Endpoints secundários incluíram sobrevida global (SG), duração da resposta (DOR) e taxa de resposta global (ORR).

494 pacientes foram randomizados (BVd n = 243, DVd n = 251). Em um seguimento mediano de 28,2 meses (0,10-40 meses), os autores descrevem que a SLP mediana (mSLP) no braço BVd foi de 36,6 meses (IC 95%, 28,4 meses-NR) versus 13,4 meses (11,1-17,5 meses) com DVD; razão de risco (HR) 0,41 (IC 95%, 0,31-0,53; p < 0,00001). Os dados de sobrevida global tinham 29% de maturidade; a SG mediana não foi alcançada em nenhum dos braços; HR, 0,57 (IC 95%, 0,40-0,80; p nominal < 0,0005). A ORR foi de 82,7% (IC 95%, 77,4-87,3%) com BVd e de 71,3% (65,3-76,8%) com DVd. A duração mediana de resposta (mDOR) foi de 35,6 meses (IC 95%, 30,5 meses-NR) para BVd vs 17,8 meses (13,8-23,6 meses) para DVd.

Em relação ao perfil de segurança, todos os pacientes em ambos os braços experimentaram ≥1 evento adverso - EA (Veja Tabela). EAs de grau 3/4 relacionados ao tratamento (TRAE) foram relatados em 90% dos pacientes no braço BVd e em 67% daqueles tratados com DVd. EAs graves (EAS) foram relatados em 50% dos pacientes no braço BVd versus 37% no braço DVd. Os EAs oculares foram mais frequentes no braço BVd vs DVd (79% vs 29%) e foram controláveis.

“O estudo comparativo DREAMM-7 de BVd vs DVd demonstrou benefício estatisticamente significativo de sobrevida livre de progressão com BVd, com benefício de 23 meses na mSLP em pacientes com MMRR expostos a ≥1 linha de tratamento anterior. Foi observado benefício de SG clinicamente significativo (p nominal < 0,0005). Além disso, o tratamento com BVd levou a maior profundidade de resposta e à duplicação da mDOR versus DVd e teve um perfil de segurança gerenciável. Esses resultados apoiam BVd como potencial novo padrão de tratamento neste cenário”, concluem os autores.

O estudo DREAMM-7 está registrado na plataforma ClinicalTrials.gov: NCT04246047.

 

BVd
(n = 243)

DVd
(n = 251)

ORR, n (%) [95% CI]a

201 (82.7) [77.4-87.3]

179 (71.3) [65.3-76.8]

Stringent CR

34 (14.0)

13 (5.2)

CR / VGPR / PR

50 (20.6) / 76 (31.3) / 41 (16.9)

30 (12.0) / 73 (29.1) / 63 (25.1)

mDOR, mo (95% CI)

35.6 (30.5-NR)

17.8 (13.8-23.6)

Any AE, n (%)b

242 (100)

246 (100)

SAE, n (%)b

121 (50)

90 (37)

Ocular AE, n (%)b,c

191 (79)

72 (29)

Fatal SAE: Any / Treatment-related, n (%)b

23 (10) / 7 (3)

19 (8) / 2 (< 1)

TRAE leading to discontinuation of any

study treatment, n (%)b

64 (26)

36 (15

CR, complete response; PR, partial response; VGPR, very good PR. aConfirmed ≥PR. bBased on safety analysis set (BVd = 242; DVd = 246). cPer CTCAE v5.

Referência: Results from the randomized phase III DREAMM-7 study of belantamab mafodotin (belamaf) + bortezomib, and dexamethasone (BVd) vs daratumumab, bortezomib, and dexamethasone (DVd) in relapsed/refractory multiple myeloma (RRMM).


Publicidade
ASTRAZENECA
Publicidade
ABBVIE
Publicidade
LIBBS
Publicidade
SANOFI
Publicidade
ASTRAZENECA
Publicidade
ASTELLAS
Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
SANOFI
Publicidade
INTEGRAL HOME CARE
Publicidade
300x250 ad onconews200519