16062021Qua
AtualizadoQua, 16 Jun 2021 12am

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Outubro Rosa reforça importância da mamografia

bannerrosa_NET_OK.jpgConsagrado no calendário anual como o mês de conscientização e prevenção do câncer de mama, o “Outubro Rosa” chega com diferentes ações, com apoio de centros de assistência, sociedades médicas e organizações de pacientes.

A Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) reforça a importância da mamografia como o método mais eficaz de rastreamento para diagnóstico precoce, com impacto na redução de mortalidade por câncer de mama. A SBM lança a campanha “MAMOGRAFIA – A VIDA COMEÇA AOS 40”, que vai ser o foco do Outubro Rosa em todas as regionais do país. “Vamos repetir exaustivamente essa mensagem sobre a importância da mamografia a partir dos 40 anos. O diagnóstico precoce através da mamografia pode elevar as chances de cura para 95%“, lembra o mastologista Ruffo de Freitas Jr., presidente da SBM.

Em São Paulo, o ambulatório de mastologia do Hospital São Paulo é um dos centros de excelência que já realiza o controle mamográfico a partir dos 40 anos. Com atendimento 100% SUS, a unidade mantém um programa integrado, do diagnóstico precoce ao tratamento, inspirado na experiência do Instituto Gustav Roussy, na França. “A mulher é diagnosticada e tratada em um só local, dentro do conceito de one step clinic que adotamos aqui”, explica a mastologista Simone Elias, coordenadora do Ambulatório de Mastologia da EPM/Unifesp.

Como parte das ações do Outubro Rosa a unidade promoveu um encontro com jornalistas e formadores de opinião para falar da importância da responsabilidade social na cobertura de temas de saúde. “Queremos informar e inspirar essa mulher a fazer sua mamografia. É importante que ela saiba que a mamografia tem impacto na redução da mortalidade por câncer de mama e isso precisa ser feito de forma responsável. A proposta não é causar medo, mas sim conscientizar a população”, reforçou Simone.

O AC Camargo Cancer Center, em São Paulo, também aposta na conscientização durante o Outubro Rosa, com o trabalho da Liga do Rosa, responsável por disseminar ações educativas.

No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas. De acordo com o INCA, são estimados 57 mil novos casos de câncer de mama em 2014.


 

Publicidade
NEXT FRONTIERS 2021
Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519