12042024Sex
AtualizadoSex, 12 Abr 2024 4pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

 

Mulheres tratadas para câncer de mama tem envelhecimento biológico mais acelerado

mama 2021 6 bxMulheres diagnosticadas e tratadas para câncer de mama aumentaram o envelhecimento biológico em comparação com mulheres sem câncer de mama, como indica estudo realizado por pesquisadores do National Institutes of Health (NIH) e colaboradores. A associação com o envelhecimento biológico mais rápido foi mais pronunciada para mulheres que receberam radioterapia para o câncer de mama, enquanto a cirurgia não mostrou associação com o envelhecimento biológico.

“Das três classes de tratamento que examinamos, a radioterapia teve associação mais forte com as medidas de idade biológica avaliadas no estudo”, observou Jack Taylor, autor sênior do artigo. “Os aumentos podem ser detectados anos após o tratamento”, acrescentou.

A idade biológica reflete a saúde das células e tecidos de uma pessoa e difere da idade cronológica. Para medir a idade biológica, os pesquisadores estudaram 417 mulheres que tiveram amostras de sangue coletadas em dois momentos com cerca de oito anos de intervalo. Cerca de metade das mulheres estudadas foram selecionadas porque desenvolveram câncer de mama durante esse período. As participantes estão inscritas no Sister Study, um esforço de pesquisa que busca identificar fatores de risco ambientais para o risco de câncer de mama e outras condições de saúde, liderado pelo Instituto Nacional de Ciências da Saúde Ambiental (NIEHS), parte do NIH.

Os pesquisadores usaram três diferentes “relógios de metilação” para determinar se houve mudanças na idade biológica de uma mulher entre os dois pontos de tempo. Os relógios medem modificações químicas que ocorrem naturalmente no DNA, conhecidas como alterações de metilação. Pequenas variações nos padrões de metilação podem ajudar a determinar o risco de desenvolver uma doença relacionada à idade.

As mulheres diagnosticadas com câncer de mama apresentaram taxas de envelhecimento mais rápidas em todos os três relógios, sem diferenças raciais significativas, quando comparadas àquelas que não desenvolveram câncer de mama.Os pesquisadores também examinaram se a idade biológica estava associada a regimes de tratamento específicos, como cirurgia, quimioterapia, radioterapia e terapia endócrina. Entre as mulheres com câncer de mama, as taxas de envelhecimento variaram de acordo com o tipo de tratamento.

“A radioterapia é uma opção de tratamento valiosa para o câncer de mama e ainda não sabemos por que ela foi mais fortemente associada à idade biológica”, observou Dale Sandler, chefe do NIEHS Epidemiology Branch e co-autor do artigo. “Essa descoberta apoia os esforços para minimizar as exposições à radiação sempre que possível e encontrar maneiras de mitigar os efeitos adversos à saúde entre aproximadamente 4 milhões de sobreviventes de câncer de mama que vivem nos Estados Unidos”.

A despeito desses achados, os pesquisadores destacam que as mulheres não devem abandonar a radioterapia como opção com base nesta pesquisa, pois os tratamentos atuais que incluem radioterapia são muito eficazes na prevenção da propagação do câncer de mama.

“Mulheres diante de um diagnóstico de câncer de mama devem discutir com seus médicos todas as opções de tratamento possíveis para determinar o melhor curso terapêutico”, disse Katie O'Brien, do NIEHS Epidemiology Branch e coautora do estudo, que foi publicado no Journal of the National Cancer Institute.

Referência: Kresovich JK, O’Brien KM, Xu Z, Weinberg CR, Sandler DP, Taylor JA. 2023. Changes in methylation-based aging in women who do and do not develop breast cancer. Journal of the National Cancer Institute. https://doi.org/10.1093/jnci/djad117


Publicidade
ABBVIE
Publicidade
ASTRAZENECA
Publicidade
SANOFI
Publicidade
ASTELLAS
Publicidade
NOVARTIS
banner_assine_300x75.jpg
Publicidade
300x250 ad onconews200519