25052022Qua
AtualizadoTer, 24 Maio 2022 1pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Padrão alimentar e câncer de bexiga

nutri 22 bxEstudo que buscou estabelecer a associação entre padrões alimentares e câncer de bexiga reportou resultados 7 de março na Nutrition and Cancer, em artigo de Pourkerman et al.

Neste estudo caso-controle foram incluídos 102 pacientes com câncer de bexiga e 197 controles com idade ≥ 45 anos. O padrão nutricional foi avaliado por meio de um questionário de frequência alimentar. As variáveis ​​de resposta para RRR (reduced rank regression) foram consumo de nitrito e ácidos graxos trans.

Os autores descrevem que diferentes padrões alimentares foram analisados, considerando seu principal componente: "alto teor de gordura e alto teor de carboidratos", "saudável" e "pronto para comer". O primeiro padrão foi positivamente associado ao risco objetivo de desenvolver câncer de bexiga (OR = 5,78, IC 95%: 3,14, 10,6), enquanto o padrão saudável foi negativo (OR = 0,60, IC 95%: 0,42, 0,86).

O modelo também revelou que o consumo de alto teor de gordura e de alto teor de carboidratos foi positivamente correlacionado com ácidos graxos trans e nitrito. Uma pontuação mais alta nesse padrão foi associada a maior probabilidade de desenvolver câncer de bexiga (OR = 1,83, IC 95%: 1,23, 2,71). Inversamente, uma dieta rica em vegetais, frutas, nozes, frutos do mar e azeite não foi associada ao câncer de bexiga.

Referência: Marzieh Pourkerman, Bahram Rashidkhani & Nazanin Moslehi (2022) Correlating Dietary Pattern and Bladder Cancer Risk Using Principal Component and Reduced Rank Regression Analyses, Nutrition and Cancer, DOI: 10.1080/01635581.2022.2047739

 

 

Publicidade
KITE PHARMA
Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
300x250 ad onconews200519