27092021Seg
AtualizadoSex, 24 Set 2021 3pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Sobreviventes de câncer têm maior risco de psoríase

perini 21 bxA psoríase é uma doença inflamatória crônica da pele que afeta aproximadamente 2–4% da população mundial. Estudo populacional conduzido por pesquisadores coreanos e publicado em julho no British Journal of Dermatology identificou que sobreviventes de câncer, especialmente sobreviventes de doenças oncohematológicas, têm um risco aumentado de desenvolver a doença. O oncohematologista Guilherme Perini (foto), hematologista na Hospital Israelita Albert Einstein e coordenador da Hematologia do Grupo Américas, analisa os resultados.

Miri Kim, da Universidade Católica da Coreia, em Seul, e colegas examinaram a incidência de psoríase entre sobreviventes de câncer usando dados do Korean National Health, o seguro nacional de saúde da Coreia. As análises incluíram 804.836 sobreviventes de câncer com idade> 50 anos inscritos de 2009 a 20015 e 1.613.046 indivíduos sem câncer de mesma idade e sexo. O principal endpoint primário foi o diagnóstico recente de psoríase.

No modelo multivariado de risco proporcional de Cox, os autores descrevem aumento significativo no risco de psoríase (razão de risco [HR], 1,41; IC 95%, 1,38-1,43) na comparação com controles sem câncer após ajustes para idade, sexo e comorbidades. "Nesta Research letter publicada no British Journal of Dermatology, pesquisadores fizeram uma análise nacional da incidência de psoríase em pacientes tratados para câncer, incluindo mais de 800 mil ndividuos. Nessa população, a incidência de psoríase foi superior ao grupo controle de cerca de 1.300.000 individuos. O hazard ratio foi de 1.4 para pacientes com história prévia de câncer, em especial em pacientes com neoplasias hematológicas, incluindo leucemia (HR 3.36), linfoma (HR 2.66) e mieloma múltiplo (2.5)", observa Perini.

Análises de subgrupo por tipo de câncer também revelaram maiores riscos de psoríase em sobreviventes de leucemia (HR, 3,36), linfoma (HR,2,66), mieloma múltiplo (HR, 2,50), câncer de pele (HR, 2,32) e câncer de pulmão (HR, 2,02). Não foi observado aumento de risco em sobreviventes de câncer de útero e de câncer testicular.

"A despeito de todas possíveis limitações de um estudo retrospectivo, essa análise mostra o impacto das neoplasias hematológicas e seus tratamentos no sistema imunológico dos sobreviventes. Porém, é preciso cautela ao interpretar os achados desse estudo, em especial pelos possíveis vieses relacionados a sua metodologia. Em alinhamento com diversos outros estudos, é importante ressaltar a importância do seguimento a longo prazo dos pacientes pós tratamento oncológico, já que estes pacientes podem apresentar complicações do seu tratamento a longo prazo", conclui Perini. 

A psoríase é uma doença inflamatória sistêmica que é frequentemente acompanhada por síndrome metabólica, doença inflamatória intestinal e artrite.

Referência:
Kim, M., Park, H. E., Han, K., & Lee, J. (2021). Risk of Psoriasis among Survivors of Adult‐onset Cancer: A Nationwide Population‐based Cohort Study. British Journal of Dermatology. doi:10.1111/bjd.20610

 


Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519