27092021Seg
AtualizadoSex, 24 Set 2021 3pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Cirurgia colorretal laparoscópica, alta hospitalar em 24 horas e risco de readmissão

mendes vailati 2021Os coloproctologistas Bruna Vailati, da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo e do Hospital Alemao Oswaldo Cruz; e Carlos Ramon da Silveira Mendes, do Instituto Ramon Mendes de Coloproctologia, Salvador, são autores de trabalho publicado no periódico Colorectal Disease que demonstrou que pacientes altamente selecionados submetidos a procedimentos minimamente invasivos em cirurgia colorretal podem receber alta hospitalar com segurança em até 24 horas.

O estudo considerou pacientes consecutivos submetidos à cirurgia colorretal minimamente invasiva entre 2010 e 2019 de uma única instituição (Hospital Santa Izabel, Salvador, Brazil), todos incluídos em um programa de recuperação aprimorado. Os pacientes que preencheram os critérios para alta hospitalar foram comparados de acordo com a necessidade de readmissão em um seguimento de 45 dias.

Resultados

Ao todo, 664 pacientes foram submetidos à cirurgia colorretal minimamente invasiva durante o período estudado, e 237 (35,7%) receberam alta em até 24 horas. A readmissão foi necessária em 16 (6,8%) desses pacientes, com nenhuma mortalidade pós-operatória observada neste grupo. Os pacientes que receberam alta em ≤24 h foram mais propensos a ter doença benigna (P <0,001), menos procedimentos associados (P <0,025) e anastomoses intracorpóreas (P <0,001).

O tipo de procedimento cirúrgico (ressecção abdominoperineal), tumor retal baixo, doença maligna, maior idade e maior tempo cirúrgico estiveram associados à readmissão. Idade (OR 1,06; P = 0,037), doença maligna (OR 4,39; P = 0,05) e tempo de operação (OR 1,03; P <0,001) foram identificados como fatores preditivos independentes para readmissão.

“Pacientes altamente selecionados submetidos a procedimentos minimamente invasivos em cirurgia colorretal podem receber alta com segurança dentro de 24 horas após o procedimento. As características de alto risco para readmissão incluem idade avançada, doença maligna e maior tempo de operação”, concluíram os autores.

Referência: de Azevedo, JGM, Mendes, CRS, Lima, MA, Pessoa, JCSDP, São Julião, GP, Perez, RO, et al. Laparoscopic colorectal surgery and discharge within 24 h—who is at risk for readmission? Colorectal Dis. 2021; 00: 1– 9. https://doi.org/10.1111/codi.15791

 


Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519