20102021Qua
AtualizadoTer, 19 Out 2021 8pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Estilo de vida pode atenuar risco de câncer hereditário

guindaliniAté que ponto o alto risco genético para desenvolver câncer pode ser compensado por um estilo de vida saudável? Artigo recém-publicado na Cancer Research mostra que a adoção de um estilo de vida saudável pode atenuar significativamente o risco, mesmo na população de alto risco. "Sabíamos que os escores de risco poligênico poderiam ser significativamente influenciados por hábitos de vida e fatores externos. Este estudo demonstra de forma elegante esta interação entre genótipo e fenótipo", afirma Rodrigo Guindalini (foto), oncologista e oncogeneticista da Oncologia D’Or.

“Construímos um escore de risco poligênico de câncer geral ponderado (CPRS) com base em 20 pontuações ou escores de risco poligênico específicos. O estilo de vida foi determinado de acordo com o tabagismo, consumo de álcool, atividade física, índice de massa corporal e dieta alimentar”, descreve Guangfu Jin, da Universidade de Medicina de Nanjing, China, autor sênior da publicação. A regressão de Cox por sexo foi usada para analisar associações de fatores genéticos e de estilo de vida com a incidência de câncer, usando dados do UK Biobank (N = 442.501).

Resultados

Em comparação com os participantes de baixo risco genético (quintil inferior do CPRS), aqueles com risco genético intermediário (quintis 2 a 4) ou alto risco genético (quintil superior) tiveram HRs de 1,27 (intervalo de confiança de 95%, 1,21-1,34) ou 1,91 (1,81- 2,02) para câncer geral, respectivamente, para homens, e 1,21 (1,16-1,27) ou 1,62 (1,54-1,71), respectivamente, para mulheres. Os pesquisadores observaram efeito conjunto de fatores genéticos e de estilo de vida no risco geral de câncer, com HRs atingindo 2,99 (2,45–3,64) para homens e 2,38 (2,05–2,76) para mulheres com alto risco genético e estilo de vida desfavorável em comparação com aquelas com baixo risco genético e estilo de vida favorável.

Entre os participantes de alto risco genético, a incidência padronizada de câncer em 5 anos foi significativamente reduzida de 7,23% para 5,51% nos homens e de 5,77% para 3,69% nas mulheres com estilo de vida favorável. ”Em resumo, os indivíduos com alto risco genético de câncer geral podem ser identificados pelo CPRS e o risco pode ser atenuado pela adoção de um estilo de vida saudável”, conclui o estudo.

Em síntese, a grande contribuição de um novo indicador de escore de risco poligênico de câncer é identificar indivíduos com alto risco e permitir a tomada de decisão sobre modificações no estilo de vida para prevenção personalizada. “Esperamos que nosso CPRS possa ser útil para melhorar a consciência de uma pessoa sobre sua suscetibilidade hereditária ao câncer como um todo e facilitar sua participação em atividades saudáveis”, disse Jin.

"Do ponto de vista prático, ele abre caminho para pesquisas que utilizam os escores de risco poligênico de forma mais ampla, influenciando não só opções terapêuticas clínicas e cirúrgicas para prevenção de câncer, mas também trazendo à tona a importância da adoção de um estilo de vida saudável", conclui Guindalini. 

Referência: Meng Zhu, Tianpei Wang, Yanqian Huang, Xiaoyu Zhao, Yuqing Ding, Mengyi Zhu, Mengmeng Ji, Cheng Wang, Juncheng Dai, Rong Yin, Lin Xu, Hongxia Ma, Qingyi Wei, Guangfu Jin, Zhibin Hu and Hongbing Shen. Genetic Risk for Overall Cancer and the Benefit of Adherence to a Healthy Lifestyle. Cancer Res 2021.DOI: 10.1158/0008-5472.CAN-21-0836


Publicidade
Outubro Rosa A.C.Camargo 2021
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519