26102021Ter
AtualizadoSeg, 25 Out 2021 12am

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Biobanco de Barretos apoia pesquisas em oncologia translacional

marcia marques barretos bxPesquisadores do Hospital de Câncer de Barretos (Hospital de Amor) reportam os 14 anos da experiência com o biobanco da instituição e seu impacto sobre o cenário da pesquisa em oncologia translacional brasileira. Publicado na revista Cell Tissue Bank, o trabalho tem como autora sênior a pesquisadora Márcia Marques (foto), coordenadora do Biobanco da instituição.

Em 2006, o Hospital do Câncer de Barretos implantou um biobanco (BB-HCB), que é responsável por processar, armazenar e fornecer diferentes tipos de material biológico de participantes de pesquisa, com e sem câncer. Neste artigo, Neuber e colegas descrevem a história do BB-HCB, responsável pelo processamento, armazenamento e fornecimento de material biológico e/ou genético de pacientes com câncer, impactando diretamente no cenário da pesquisa em oncologia translacional no Brasil.

De 2006 a 2019, o BB-HCB abrigou 252.069 amostras, de 44.933 participantes, representada por 15 diferentes bioespécimes. “De acordo com os nossos dados, a topografia mais coletada e armazenada nos homens são os tumores de cabeça e pescoço (29%); nas mulheres o câncer de mama é o mais representado (28%)”, descrevem os autores. “Consórcios e projetos nacionais e internacionais, como o Cancer Genome Atlas, tiveram apoio do BB-HCB como fonte de conhecimento para a comunidade científica, possibilitando o desenvolvimento de estudos de alta qualidade, com as mais diversas categorias de tumor e alta representatividade da população brasileira”, prosseguem.

O êxito do BB-HCB nesses 14 anos de experiência é atribuído a uma equipe multidisciplinar responsável por garantir a qualidade de todos os processos recomendados pelas diretrizes internacionais, além da infraestrutura de ponta, com equipamentos capazes de garantir a qualidade de todo o material solicitado por pesquisadores, o que inclui material genético (DNA e RNA) e /ou bioespécimes inteiros.

No Brasil, o número de casos de câncer para os próximos anos deve saltar para 625.000, segundo estimativas do INCA para o triênio 2020-2022 (INCA,2020). Neste contexto, a pesquisa científica tem desempenhado papel essencial no desenvolvimento de métodos seguros e eficazes para prevenir, detectar, diagnosticar e tratar o câncer, o que ajuda a dimensionar a importância do biobanco do Hospital de Câncer de Barretos. “Este é um trabalho inédito no cenário de Biobanco do Brasil e acreditamos que a implementação do nosso Biobanco pode auxiliar não só outras instituições e pesquisadores, mas também os pacientes no futuro”, avalia Marcia.

O trabalho é fruto do doutorado de Ana Caroline Neuber. 

Referências: Neuber, A.C., Tostes, C.H., Ribeiro, A.G. et al. The biobank of barretos cancer hospital: 14 years of experience in cancer research. Cell Tissue Bank (2021). https://doi.org/10.1007/s10561-021-09941-9

 


Publicidade
Outubro Rosa A.C.Camargo 2021
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519