20062021Dom
AtualizadoQui, 17 Jun 2021 6pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Painel revisa critérios de endpoints na pesquisa clínica em câncer de mama

fabio franke bxAs definições padronizadas para endpoints de eficácia (STEEP - Standardized Definitions for Efficacy End Points) foram estabelecidas em 2007 com o objetivo de determinar critérios para ensaios clínicos em câncer de mama adjuvante. Agora, um painel de especialistas revisou os critérios STEEP, em artigo de Tolaney et al. no Journal of Clinical Oncology (JCO), com a recomendação de incorporar o endpoint adicional de sobrevida livre de câncer de mama invasivo, nos ensaios em que as toxicidades são bem conhecidas e onde o risco de segundo câncer primário é pequeno. “Cada vez mais precisamos de critérios de avaliação que possam ser aplicados à prática diária, que objetivamente sejam utilizados pelos oncologistas em um cenário onde os custos dos tratamentos estão cada vez maiores”, afirma o oncologista Fabio Franke (foto), investigador principal do Centro de Pesquisa Clínica (ONCOSITE), em Ijuí.

A definição de endpoints é crítica para detectar um efeito de tratamento. Nesta análise, os pesquisadores realizaram uma revisão sistemática na plataforma ClinicalTrials.gov para identificar ensaios que cumpriram os critérios STEEP para definição de endpoints. A partir dos desvios comuns, Tolaney et al.  realizaram uma série de simulações e avaliaram o efeito da exclusão de mortes por câncer não mamário e de novos tumores primários não mamários no endpoint de sobrevida livre de doença invasiva.

Resultados

Entre os 11 ensaios clínicos de fase III em câncer de mama com endpoints de eficácia primários, três seguiram os critérios STEEP, quatro usaram definições STEEP, mas não os endpoints correspondentes e quatro utilizaram endpoints que não foram incluídos no manuscrito STEEP original.

A análise publicada no JCO mostra que o modelo de simulação demonstrou que a inclusão de um segundo câncer primário não mamário pode aumentar a probabilidade de inferências incorretas, diminuir o poder de detectar efeitos de eficácia clinicamente relevantes e pode mascarar diferenças nas taxas de recorrência, especialmente quando as taxas de recorrência são baixas.

“Recomendamos um desfecho adicional, a sobrevida livre de câncer de mama invasivo, que inclui todos os eventos de sobrevida livre de doença invasiva, exceto o segundo câncer primário não mamário. Este endpoint deve ser considerado para ensaios em que as toxicidades dos agentes são bem conhecidas e o risco de um segundo câncer primário é pequeno. Além disso, fornecemos recomendações de endpoint para ensaios de terapia local, populações de baixo risco, ensaios de não inferioridade e ensaios que incorporam resultados relatados pelo paciente”.

Franke ressalta que os ensaios clínicos perseguem a sobrevida global como endpoint ideal, mas a existência de várias linhas de tratamento na doença metastática e os vários cenários possíveis do tratamento adjuvante tem exigido diferentes critérios.

“O destaque desta revisão fica para a sobrevida livre de câncer de mama invasivo, que parece relevante principalmente em ensaios em que as toxicidades dos agentes são bem conhecidas e o risco de um segundo câncer primário é pequeno. O desenvolvimento de novos critérios será uma tendência de evolução natural da pesquisa clínica”, conclui.

Referência: Updated Standardized Definitions for Efficacy End Points (STEEP) in Adjuvant Breast Cancer Clinical Trials: STEEP Version 2.0 - DOI: 10.1200/JCO.20.03613 Journal of Clinical Oncology - Published online May 18, 2021.


 

 

 


Publicidade
NEXT FRONTIERS 2021
Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519