19092021Dom
AtualizadoSáb, 18 Set 2021 9pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

HAprog: nova ferramenta prognóstica no auxílio à decisão

paiva preto 2021O aplicativo (app) HAprog já está disponível para download gratuito em smartphones nas plataformas IOS* e Android**, como uma nova ferramenta prognóstica para pacientes ambulatoriais com câncer em fase avançada. O app foi desenvolvido por pesquisadores do Hospital de Câncer de Barretos (Hospital de Amor), liderados pelo médico paliativista Carlos Eduardo Paiva (na foto, à esquerda), como produto da tese de doutorado do oncologista Daniel D’Almeida Preto.

A ferramenta foi inspirada em um nomograma baseado em cinco variáveis prognósticas (sexo, presença de metástases à distância, performance status de Karnofsky leucócitos totais e albumina sérica), com resultados validados e publicados em 2018 (Paiva CE et al. Cancer Med. 2018;7: 3003-3010, doi:  10.1002/cam4.1582). A revisão do modelo para adequá-lo à versão atual em forma de aplicativo permitiu simplificar a adoção da ferramenta, que promete apoio importante às rotinas oncológicas no ambiente ambulatorial.

“Uma ferramenta prognóstica como esta tem várias implicações práticas, como ajudar o médico a definir sobre o início/manutenção/suspensão de tratamentos oncológicos, integrar os cuidados paliativos no momento oportuno, definir sobre internações hospitalares e em UTIs, auxiliar na decisão sobre emprego ou não de medidas invasivas e planejar outras decisões de cuidados”, ilustra Daniel.

Os pesquisadores lembram que a literatura médica atual recomenda cada vez mais que o Cuidado Paliativo seja integrado precocemente nos cuidados oncológicos. No entanto, reforçam o alerta de que frequentemente o paciente acaba sendo encaminhado tardiamente, deixando de receber o benefício das equipes de CP. É nesse contexto que uma ferramenta prognóstica capaz de apoiar a rotina clínica em ambiente ambulatorial assume importância estratégica nos cuidados em câncer.

Evidências 

A amostra original compreendeu 221 pacientes com tumores sólidos em estágio avançado, que estavam iniciando acompanhamento com a equipe de cuidados paliativos. Os autores descrevem que 8 modelos prognósticos (4 paramétricos e 4 não paramétricos) foram desenvolvidos e os 2 mais acurados e funcionais serviram de modelo para a transcrição em linguagem computacional do aplicativo HAprog, um deles incluindo variáveis laboratoriais (albumina sérica e leucócitos totais [modelo completo]) e outro apenas com variáveis clínicas (modelo simplificado).

Para a validação, os modelos foram testados em uma amostra independente de 276 pacientes ambulatoriais, todos com tumores sólidos considerados incuráveis, acompanhados pela oncologia clínica. A tabela abaixo :

Modelo Completo: Resultados de discriminação e calibração 

Características

Global

30 dias

90 dias

180 dias

Área sob a curva ROC

0,800

0,795

0,742

0,732

AIC

1.417.820

1.417.820

1.417.820

1.417.820

K-S (D)

0,474

0,551

0,405

0,420

K-S (p-valor)

<0,001

<0,001

<0,001

<0.001

C-index

0,778

0,778

0,778

0,778

Hosmer-Lemeshow (p-valor)

0,208

0,208

0,208

0,208

Modelo simplificado: Resultados de discriminação e calibração

Características

Global

30 dias

90 dias

180 dias

Área sob a curva ROC

0,860

0,776

0,739

0,708

AIC

1.733.668

1.733.668

1.733.668

1.733.668

K-S (D)

0,596

0,478

0,394

0,349

K-S (p-valor)

<0,001

<0,001

<0,001

<0,001

C-index

0,739

0,739

0,739

0,739

Hosmer-Lemeshow (p-valor)

0,274

0,274

0,274

0,274


O HAprog está disponível para uso em smartphones, com download gratuito:

* IOS (https://apps.apple.com/mz/app/haprog/id1521678682)

**Android (https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.hospitaldeamor


Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519