15052021Sáb
AtualizadoSex, 14 Maio 2021 2am

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Destaques do programa científico do ASCO 2021

ASCO events bxA 57ª reunião anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO), o maior encontro da oncologia mundial, acontece entre os dias 04 e 08 de junho, em formato virtual. Com o tema ‘Equidade: Todos os Pacientes. Todo dia. Em todos os lugares’, a proposta é identificar maneiras de garantir que todos os pacientes tenham acesso e se beneficiem de cuidados oncológicos de alta qualidade. A edição deste ano conta com 4,9 mil abstracts, metade aceito para apresentação durante a conferência, e outros 2,4 mil trabalhos selecionados para publicação online.

Entre os destaques, avanços no tratamento de câncer de próstata, mama, pulmão e renal, bem como rastreamento, prevenção, acesso, imunoterapia e medicina de precisão.

Designado como Late Breaking Abstract 1, o estudo randomizado de Fase III OlympiA, que investiga o uso de olaparibe adjuvante após quimioterapia neoadjuvante em pacientes com com câncer de mama HER2-negativo de alto risco com mutações germinativas BRCA1 e BRCA2, promete ser um dos destaques do programa científico (LBA1). Também selecionado como LBA, o estudo de Fase III VISION avalia lutécio-177-PSMA-617 em pacientes com câncer de próstata metastático resistente à castração (LBA4).

Ainda na sessão plenária serão apresentados os resultados do JUPITER-02, um estudo randomizado de toripalimabe ou placebo mais gencitabina e cisplatina como tratamento de primeira linha para carcinoma nasofaríngeo recorrente ou metastático (LBA2); o randomizado de Fase III KEYNOTE-564, que avalia pembrolizumabe após cirurgia em pacientes com carcinoma de células renais (LBA5); e os achados do ensaio de Fase III OUTBACK, que explora o uso de quimioterapia adjuvante após quimiorradiação como tratamento primário para câncer cervical localmente avançado em comparação com quimiorradiação isolada (LBA3).

Outros highlights apresentados no encontro destacam os primeiros resultados do CheckMate 648, avaliando nivolumabe mais ipilimumabe ou nivolumabe mais quimio na primeira linha do carcinoma de células escamosas esofágico avançado (LBA4001); análise da associação do aumento da triagem PSA e os resultados do câncer de próstata em pacientes afro-americanos jovens (Abstract5004); efeitos da triagem e vacinação em cânceres relacionados ao HPV nos Estados Unidos nos últimos 15 anos (Abstract107); o fase III IMpower010, de atezolizumabe versus melhor tratamento de suporte após quimioterapia adjuvante no câncer de pulmão de células não pequenas ressecado (Abstract8500); e os resultados primários do Fase III RELATIVITY-047, que investiga o tratamento combinado com duas imunoterapias (relatlimabe mais nivolumabe) versus nivolumabe no tratamento de primeira linha para pacientes com melanoma avançado (Abstract9503).

Confira a cobertura completa no Onconews.


Publicidade
MULHERES NA CIÊNCIA
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519