03062020Qua
AtualizadoSeg, 01 Jun 2020 5pm

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

ASCO: orientações para cuidados oncológicos durante a pandemia da COVID-19

covid19 3 bxA Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO) publicou um guia com orientações para ajudar a proteger a segurança dos pacientes e das equipes de saúde antes de retomar os atendimentos de rotina durante a pandemia da COVID-19.

A pandemia da COVID-19 exigiu alterações nas práticas oncológicas para proteger a segurança de pacientes e equipe médica, ajustadas à escassez de recursos e restrições dos procedimentos eletivos. Agora, com as restrições relacionadas à pandemia diminuindo gradualmente nos Estados Unidos, os serviços de oncologia estão discutindo como retomar com segurança o acesso do paciente a diagnósticos, tratamentos e outros serviços de atendimento ao câncer.

“Embora a mudança para retomar as operações normais seja lenta e constante, esperamos que este relatório forneça as orientações necessárias para determinar quando e como retornar a um 'novo normal' à medida que o impacto da pandemia começar a diminuir”, disse Howard A. Burris III, presidente da ASCO. "".

O ASCO Special Report: A Guide to Cancer Care Delivery During the COVID-19 Pandemic resume uma ampla gama de políticas e práticas desenvolvidas pelos serviços de câncer, bem como as orientações fornecidas por agências governamentais e outras sociedades médicas, incluindo melhores práticas para triagem/rastreio de pacientes antes das consultas para reduzir o risco de infecção; orientações de cuidados de câncer para pacientes com COVID-19-positivo ou sendo monitorados para COVID-19; considerações sobre a comunicação com a equipe e pacientes sobre novos protocolos para proteger a saúde e a segurança do paciente; políticas e protocolos para limitar a infecção de equipes de saúde por meio de triagem, testes, licenças médicas modificadas e políticas de home-office; e orientação para o estabelecimento de políticas de distanciamento físico nas áreas clínica, administrativa e de atendimento a pacientes de centros de câncer.

O Guia ASCO também aborda práticas recomendadas para priorizar, agendar e remunerar consultas por telemedicina, e recursos para informar quando e como restabelecer exames e outros cuidados, incluindo oncologia clínica, radioterapia, cirurgia e serviços auxiliares.

O relatório se concentra nas etapas imediatas e de curto prazo que os serviços oncológicos devem considerar para melhorar a segurança dos cuidados com o câncer durante esta crise de saúde pública. A Sociedade está elaborando o ASCO Road to Recovery, que estabelecerá políticas e mudanças de longo prazo necessárias para recuperação total da oferta de serviços, bem como melhorar a resiliência do sistema de atendimento ao câncer em um cenário pós-COVID-19.

A ASCO ressalta que é preciso considerar políticas internas de cada serviço, determinações nas esferas municipal, estadual e federal, e outras orientações pertinentes para determinar se e como cada serviço pode retomar com segurança os atendimentos.

Para acessar a íntegra do relatório, clique aqui.

 


Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
300x250 ad onconews200519