25112020Qua
AtualizadoTer, 24 Nov 2020 4pm

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

Boas práticas: recomendações para a adoção de biossimilares na oncologia

biossimilaresCom a inovação das últimas décadas, o custo do tratamento do câncer aumentou exponencialmente, limitando o acesso do paciente às terapias biológicas. A introdução de biossimilares criou novas oportunidades, expandiu o acesso e impactou também as práticas das instituições de assistência no tratamento do câncer. Artigo publicado em abril no Journal of Oncology Pharmacy Practice reflete a posição de farmacêuticos oncológicos de 27 países sobre o uso de biossimilares no tratamento do câncer e em cuidados de suporte.

Em todos os países, a chegada dos biossimilares aumentou o acesso aos cuidados, estimulando a concorrência significativa de preços e incentivando instituições de saúde a conter custos. “A maioria dos biossimilares entrou com preço pelo menos 30% menor que o produto de referência”, sustentam os autores.

Frazer et al. descrevem pesquisa realizada em maio de 2019 pela Sociedade Internacional de Profissionais de Farmácia Oncológica (ISOPP, da sigla em inglês) com 90 farmacêuticos oncológicos , de 27 países. “93% dos entrevistados em 26 dos países representados estão em instituições que atualmente usam ou planejam usar biossimilares na prática”, destacam.  O preço dos medicamentos foi citado como o fator que mais influencia a decisão de usar biossimilares.

O position paper enfatiza que muitos dos biossimilares disponíveis têm indicação em cuidados oncológicos ou de suporte, com  versões aprovadas globalmente e perspectivas de expansão contínua no cenário da oncologia.

Boas práticas

Embora os biossimilares não apresentem diferenças clinicamente significativas na atividade terapêutica em comparação com o produto de referência, essas moléculas biológicas complexas não são consideradas cópias químicas idênticas. Compreender essas diferenças e suas implicações clínicas é o primeiro passo para definir boas práticas. “O treinamento e a educação são fundamentais para garantir o uso seguro e eficaz de biossimilares nas instituições de saúde”, defende a Força-Tarefa da ISOPP. Para apoiar a tomada de decisão, o documento reúne  11 declarações, com a posição da ISOPP sobre regulamentação e avaliação de biossimilares, questões práticas em torno da implementação local, educação da equipe de saúde e dos pacientes,  estratégias de farmacovigilância e monitoramento de resultados.

Referência: Frazer, M. B., Bubalo, J., Patel, H., Siderov, J., Cubilla, M., De Lemos, M., … Foreman, E. (2020). International Society of Oncology Pharmacy Practitioners global position on the use of biosimilars in cancer treatment and supportive care. Journal of Oncology Pharmacy Practice, 26(3_suppl), 3–10. https://doi.org/10.1177/1078155219893441

 

Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519