20022020Qui
AtualizadoQui, 20 Fev 2020 4pm

PUBLICIDADE
topbanner novartis2019 468x60

Consenso Brasileiro enfoca sarcomas de partes moles de extremidades

ranyell ok bxO cirurgião oncológico Ranyell Spencer (foto) é primeiro autor de consenso publicado em janeiro no Journal of Surgical Oncology, com recomendações para o tratamento de sarcomas de partes moles de extremidades (STSs, da sigla em inglês).

 “Recomendações baseadas na melhor evidência da literatura e consideram aspectos regionais foram feitas para orientar os profissionais que tratam STS”,  descreve o artigo, que tem como autor sênior o cirurgião oncológico Ademar Lopes.

Ao enfocar fatores de risco e epidemiologia, o Consenso observa que a incidência de STSs varia de 12% a 21% em pacientes com Síndrome de Li‐Fraumeni, ocasionada por mutações no TP53 e bastante prevalente no Brasil, especialmente no Sudeste e Sul. No entanto, destaca  que a maioria dos casos no Brasil sequer recebe tratamento, o que dimensiona a importância desse conjunto de recomendações.

Todas as diretrizes são descritas com o grau de recomendação e os níveis de evidência, considerando o diagnóstico, estadiamento e tratamento dos STSs.  Não estão contemplados neste consenso os sarcomas retroperitoneais, viscerais, de tronco, cabeça e pescoço e de estroma gastrointestinal (GIST). 

Referência: Spencer, R. M. S. S. B., Camargo, V. P., Silva, M. L. G., Pinto, F. F. E., Costa, F. D., Cequeira, W. S., … Lopes, A. (2020). Brazilian consensus on the diagnosis and treatment of extremities soft tissue sarcomas. Journal of Surgical Oncology. doi:10.1002/jso.25847


Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner personal2019 250x300p
Publicidade
300x250 ad onconews200519
Publicidade
banner onconews spotify 300x150px