11112019Seg
AtualizadoSeg, 11 Nov 2019 2pm

PUBLICIDADE
topbanner novartis2019 468x60

Primeira linha no carcinoma renal não-células claras e sarcomatoide: evidências de mundo real

renata bonadio bxEstudo brasileiro publicado no periódico e-cancer avaliou uma coorte retrospectiva de pacientes com carcinoma renal não-células claras e carcinoma renal sarcomatoide metastáticos tratados em primeira linha com sunitinibe ou pazopanibe em um centro acadêmico de câncer. Renata Colombo Bonadio (foto), oncologista do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP) e primeira autora do trabalho, comenta os resultados.

O carcinoma de células renal de células não claras (nccRCC) e o carcinoma de células renais sarcomatoide (sRCC) estão subrepresentados em ensaios clínicos. As abordagens de tratamento são frequentemente extrapoladas a partir de dados do carcinoma renal de células claras, em que o pazopanibe é não-inferior ao sunitinibe. Nesse estudo, os pesquisadores compararam a eficácia do sunitinibe e do pazopanibe no tratamento de primeira linha para nccRCC e sRCC.

Foram avaliadas a sobrevida global (SG), sobrevida livre de progressão (SLP) e taxa de resposta. As análises Kaplan-Meier e log-rank foram usadas para dados de tempo até o evento, e a regressão de Cox foi utilizada para fatores prognósticos.

Resultados

Cinquenta e três pacientes foram incluídos; 16 (30,1%) tratados com sunitinibe e 37 (69,9%) com pazopanibe. Quarenta e seis (86,8%) pacientes tinham nccRCC e 7 (13,2%) sRCC. A maioria apresentava risco intermediário ou baixo de acordo com o International Metastatic Renal-Cell Carcinoma Database Consortium risk (93%).

A mediana de sobrevida livre de progressão foi de 6,6 meses com sunitinibe e 4,9 meses com pazopanibe (HR 1,75; P = 0,078). O tratamento com pazopanibe foi associado à sobrevida global inferior em comparação com o sunitinibe (mediana SG: 30,4 meses versus 8,7 meses; HR 2,71, 95% CI 1,31–5,58, P = 0,007).

Esses resultados foram confirmados na análise de subgrupos de pacientes com histologia papilífera, cromófoba e com translocação da família do MiT (mediana SG: 38,7 meses versus 14,7 meses; HR 3,16, 95% CI 1,20–8,29, P = 0,019). Histologias não classificadas e sarcomatoides apresentaram sobrevida global inferior (mediana: 6,9 e 1,1 meses, respectivamente), independentemente do tratamento utilizado.

“Nesta coorte de pacientes, o pazopanibe foi associado à sobrevida global inferior em comparação com o sunitinibe para o carcinoma renal não-células claras (nccRCC) metastático. Ensaios maiores são necessários para confirmar esses resultados”, concluíram os autores.

Referência: Real-world evidence on first-line treatment for metastatic renal cell carcinoma with non-clear cell and sarcomatoid histologies: are sunitinib and pazopanib interchangeable? - Renata Colombo Bonadio, Pedro Isaacsson Velho, Guilherme Nader Marta, Mirella Nardo, Manoel Carlos LA Souza, David QB Muniz, Regis OF Bezerra, Raisa KA Bispo, Sheila F Faraj, Diogo A Bastos, Carlos Dzik – ecancer medical Science - https://doi.org/10.3332/ecancer.2019.973


Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner teva inst 300x250
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner personal2019 250x300p
Publicidade
banner ibcc2019 300x250
Publicidade
300x250 ad onconews200519
Publicidade
banner onconews spotify 300x150px