12062021Sáb
AtualizadoQui, 10 Jun 2021 9pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Revisão prioritária para enzalutamida no câncer de próstata metastático hormônio-sensível

Prostata 2018 NET OKAs farmacêuticas Astellas e Pfizer anunciaram que a Food and Drug Administration (FDA) aceitou para revisão a apresentação de uma nova aplicação suplementar (sNDA) de enzalutamida (xtandi®), agora para indicação de tratamento do câncer de próstata metastático hormônio-sensível (mHSPC). A submissão é baseada nos resultados dos estudos de fase III ARCHES e ENZAMET. Atualmente, enzalutamida é indicada nos Estados Unidos para o tratamento de pacientes com câncer de próstata resistente à castração (CRPC).

Apresentado no ASCO GU, em fevereiro, e publicado em julho no Journal of Clinical Oncology, o estudo de fase III ARCHES avaliou a eficácia e segurança da enzalutamida mais terapia de privação androgênica (ADT) versus ADT mais placebo em pacientes com câncer de próstata metastático hormônio-sensível. O estudo atingiu o endpoint primário de sobrevida livre de progressão radiográfica (rSLP).

A submissão também é apoiada por dados do estudo de fase III ENZAMET, que avaliou enzalutamida mais ADT versus ADT mais uma terapia antiandrogênica não-esteroidal padrão (bicalutamida, nilutamida ou flutamida) em homens com câncer de próstata metastático hormônio-sensível. O estudo atingiu o endpoint primário de sobrevida global. Os resultados foram apresentados durante a Sessão Plenária do encontro anual da ASCO 2019, em junho, e publicados simultaneamente no New England Journal of Medicine.

As análises de segurança dos ensaios ARCHES e ENZAMET parecem consistentes com o perfil de segurança da enzalutamida em ensaios clínicos anteriores em câncer de próstata resistente à castração.

“Os dados complementares dos ensaios ARCHES e ENZAMET em homens com câncer de próstata metastático hormônio-sensível nos levam a mais um passo para entender o potencial total da enzalutamida em atender necessidades não atendidas no câncer de próstata”, disse Andrew Krivoshik, vice-presidente sênior e chefe da Área Terapêutica de Oncologia da Astellas. "Enzalutamida é um padrão atual de tratamento em câncer de próstata resistente à castração e estamos ansiosos para trabalhar com o FDA para potencialmente torná-lo disponível para os homens no início de sua jornada de câncer de próstata", acrescentou.

Os dados dos estudos ARCHES e ENZAMET também foram submetidos à Agência Europeia de Medicamentos (EMA) e à Agência Farmacêutica e de Dispositivos Médicos (PMDA) no Japão para apoiar uma indicação para enzalutamida nesse grupo de pacientes.

Veja mais:

ARCHES: enzalutamida mais ADT no câncer de próstata metastático hormônio sensível

ARCHES: enzalutamida + ADT no câncer de próstata

Highlights – o que foi destaque no ASCO GU 2019

Panorama GU mostra avanços com impacto clínico

Enzalutamida: nova opção no câncer de próstata metastático hormônio sensível


Publicidade
NEXT FRONTIERS 2021
Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519