27092021Seg
AtualizadoSex, 24 Set 2021 3pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Pesquisa clínica em melanoma, tendências e combinações

ON22 PG6 PESQUISA 2 BXO anti CTLA-4 ipilimumabe foi o mais empregado em estudos clínicos em melanoma, descrito como intervenção em 251 ensaios de uma base de 2563 pesquisas avaliadas. É o que mostra estudo publicado em março na Journal of Clinical Medicine que revisou os estudos clínicos em melanoma para encontrar tendências, incluindo as intervenções mais estudadas e suas combinações.

Nesta análise foram pesquisados todos ​​os estudos clínicos em melanoma registrados no International Clinical Trials Registry Platform (ICTRP), uma das maiores bases de dados de ensaios clínicos. A pesquisa foi realizada em 30 de novembro de 2018 usando o termo "melanoma". Os dados foram complementados com informações obtidas de repositórios de dados, incluindo PubMed, Organização Mundial de Saúde, Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos, Sistema Europeu de Informações em Câncer, entre outros.

Os resultados mostram 2563 ensaios clínicos incluídos na análise, a maior parte registrada nos EUA (1487), correspondendo a 58% do total. Ipilimumabe aparece como o fármaco mais estudado e cresce a utilização de anticorpos monoclonais imunomoduladores, terapias-alvo (inibidores de BRAF, MEK, CDK4 / 6) e terapias de combinação, marcando forte tendência da medicina de precisão.

Referência: Wróbel, S., Przybyło, M., & Stępień, E. (2019). The Clinical Trial Landscape for Melanoma Therapies.Journal of Clinical Medicine, 8(3), 368. doi:10.3390/jcm8030368


Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519