23062021Qua
AtualizadoQua, 23 Jun 2021 2pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

FDA aprova pembrolizumabe em combinação com axitinibe na primeira linha do câncer renal avançado

Renal 2 NET OKA agência norte-americana FDA aprovou o anti-PD-1 pembrolizumabe (Keytruda®), em combinação com o inibidor de tirosina-quinase axitinibe (Inlyta®) como tratamento de primeira linha de pacientes com carcinoma de células renais avançado (CCR).

A aprovação é baseada nos resultados do estudo Fase 3 KEYNOTE-426, que demonstrou benefício significativo na sobrevida global (SG), sobrevida livre de progressão (SLP) e taxa de resposta objetiva para o braço tratado com pembrolizumabe e axitinibe em comparação com o grupo que recebeu sunitinibe isoladamente.

A combinação de pembro-axitinibe reduziu o risco de morte em 47% (HR = 0,53 [95% CI, 0,38-0,74]; p <0,0001) e mostrou redução no risco de progressão da doença ou morte de 31% em comparação com sunitinibe (HR = 0,69 [95% CI, 0,57-0,84], p = 0,0001). A taxa de resposta objetiva foi de 59% para pacientes que receberam a combinação versus 36% para aqueles tratados com sunitinibe (95% CI, 31-40) (p < 0,0001).

Neste estudo foram inscritos 861 pacientes que não receberam terapia sistêmica para CCR avançado. Os pacientes foram incluídos independentemente do status de expressão de PD-L1.

Esta é a primeira indicação de pembrolizumabe no carcinoma de células renais avançado.


Publicidade
NEXT FRONTIERS 2021
Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519