22012021Sex
AtualizadoQua, 20 Jan 2021 8pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

FDA aprova pembrolizumabe em combinação com axitinibe na primeira linha do câncer renal avançado

Renal 2 NET OKA agência norte-americana FDA aprovou o anti-PD-1 pembrolizumabe (Keytruda®), em combinação com o inibidor de tirosina-quinase axitinibe (Inlyta®) como tratamento de primeira linha de pacientes com carcinoma de células renais avançado (CCR).

A aprovação é baseada nos resultados do estudo Fase 3 KEYNOTE-426, que demonstrou benefício significativo na sobrevida global (SG), sobrevida livre de progressão (SLP) e taxa de resposta objetiva para o braço tratado com pembrolizumabe e axitinibe em comparação com o grupo que recebeu sunitinibe isoladamente.

A combinação de pembro-axitinibe reduziu o risco de morte em 47% (HR = 0,53 [95% CI, 0,38-0,74]; p <0,0001) e mostrou redução no risco de progressão da doença ou morte de 31% em comparação com sunitinibe (HR = 0,69 [95% CI, 0,57-0,84], p = 0,0001). A taxa de resposta objetiva foi de 59% para pacientes que receberam a combinação versus 36% para aqueles tratados com sunitinibe (95% CI, 31-40) (p < 0,0001).

Neste estudo foram inscritos 861 pacientes que não receberam terapia sistêmica para CCR avançado. Os pacientes foram incluídos independentemente do status de expressão de PD-L1.

Esta é a primeira indicação de pembrolizumabe no carcinoma de células renais avançado.


Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519