19052019Dom
AtualizadoQui, 16 Mai 2019 2pm

banner_freud_adv_468x60.jpg

Campanha alerta para infecção pelo HPV

dia hpv bxPela segunda vez o Dia Internacional de Conscientização do HPV, comemorado mundialmente no dia 04 de março, busca reforçar o alerta global para a infecção pelo papilomavírus humano (HPV), responsável pelo desenvolvimento de diferentes tipos de câncer. Novamente o ICESP participa da data com a campanha #TragoVerdadesDoHPV, ação que integra a campanha mundial liderada pela International Papillomavirus Society.

 

"Temos que continuar empenhados em ampliar a cobertura da vacinação contra HPV entre meninas e meninos. É nosso papel conscientizar as pessoas sobre o assunto e abordar a importância do autocuidado na prevenção do vírus e doenças relacionadas” esclarece a bióloga Luisa Lina Villa, primeira autora do artigo publicado no Lancet em abril de 2005, que embasou o registro da vacina contra o HPV nos cinco continentes.

A vacinação é um importante aliado para a prevenção contra o HPV, indicada para proteger contra quatro tipos diferentes de vírus, dentre os quais os tipos 6 e 11, que geralmente causam verrugas genitais, e os tipos 16 e 18, principais responsáveis pelas lesões precedem o câncer. Está disponível no SUS, gratuitamente, para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. Nos países que introduziram a vacina com altas coberturas há mais de cinco anos, a vacinação demonstrou excelentes resultados, como a quase erradicação de verrugas genitais, além da redução de mais de 60% das lesões precursoras de câncer entre as jovens.

Ao lado da vacinação, o rastreamento para identificar lesões precursoras continua como a melhor estratégia, mas a ausência de políticas em ou de estratégias pouco efetivas no combate ao HPV ainda preocupa. Entre essas estratégias, Luisa destaca a importância da vacinação também em meninos. O gênero masculino participa não só de toda a cadeia de transmissão, mas também pode apresentar doenças decorrentes da infecção, como o câncer de orofaringe, por exemplo. “Se conseguirmos vacinar meninas e meninos, o benefício será ampliado. Alguns países já começam a observar resultados positivos com a vacinação em crianças e adolescentes de ambos os sexos”, diz.

Para saber mais sobre a campanha mundial, clique aqui.

Leia mais sobre HPV e câncer

O papel do médico na adesão à vacina contra HPV em meninos

Teste do HPV no rastreamento do câncer cervical

Vacinação profilática contra HPV e câncer cervical

O papel do médico na adesão à vacina contra HPV em meninos

O valor da prevenção

Controle do câncer cervical expõe fragilidade do modelo brasileiro

Novos métodos no rastreamento do câncer cervical

Vacinação contra HPV em meninos

Câncer e HPV: epidemiologia e prevenção


Publicidade
banner modelo3 newsletter onconews 300x150 pixels
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner teva inst 300x250