01122020Ter
AtualizadoSeg, 30 Nov 2020 1am

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Novas perspectivas no tratamento de glioblastoma

Glioma NET OKEstudo de Fase 2 mostra os resultados iniciais de eficácia e segurança do agente experimental iniparib em pacientes recém diagnosticados com glioblastoma. Os dados estão em artigo de Blakeley, JO et al, na Clinical Cancer Research.

O estudo, aberto, multicêntrico, de braço único, avaliou iniparibe versus radioterapia mais temozolamida nessa população de pacientes. O endpoint primário foi a mediana de sobrevida global, o endpoint secundário foi a frequência de eventos adversos.

O estudo inscreveu 83 pacientes com glioblastoma recém diagnosticado (idade mediana 58 anos; intervalo 27-81, 63% do sexo masculino). A análise de eficácia envolveiu 76 pacientes, que receberam 8 mg/kg IV de iniparibe duas vezes por semana.

A sobrevida global mediana foi de 22 meses (IC95% 17–24), HR= 0,45 (IC 95% 0 · 35–0 · 55). As taxas de sobrevida em dois e três anos foram, respectivamente, de 38% e 25%.

Em relação ao perfil de segurança, a análise considerou 83 pacientes. Eventos adversos (EA) grau 3 relacionados ao tratamento ocorreram em 27% dos pacientes e 9 pacientes necessitaram descontinuar o tratamento por EAs. Reações de grau 3-4 incluíram baixa contagem de plaquetas (15 pacientes [18%]), contagem baixa de neutrófilos (oito [10%]), fadiga (quatro [5%]) e erupção cutânea (três [4%]). Nove pacientes interromperam o tratamento devido a eventos adversos.

“Iniparib sugere atividade em gliomas, o que é muito encorajador", dizem os autores. “O objetivo primário de melhorar a mediana de sobrevida global em comparação com um controle histórico foi atingido, indicando potencial atividade antitumoral de iniparib neste cenário”, concluem. 

Referência:  Phase II Study of Iniparib with Concurrent Chemoradiation in Patients with Newly Diagnosed Glioblastoma - Jaishri O Blakeley, Stuart A. Grossman, Andrew S Chi, Tom Mikkelsen, Myrna R Rosenfeld, Manmeet S Ahluwalia, Louis B Nabors, April Eichler, Ignacio Garcia-Ribas, Serena Desideri and Xiaobu Ye - DOI: 10.1158/1078-0432.CCR-18-0110

Palavras-chave: glioblastoma, neuro-oncologia, iniparib, temozolamida, gliomas, Clinical Cancer Research


Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519