26112020Qui
AtualizadoTer, 24 Nov 2020 4pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

AACR 2018: crizotinibe no tumor miofibroblástico inflamatório ALK-positivo

Ana Gelatti NET OK 2Entre os pacientes com tumor miofibroblástico inflamatório ALK-positivo irressecável, avançado ou metastático, 50% apresentaram redução parcial ou total do tumor após o tratamento com o inibidor de ALK crizotinibe (Xalkori). Os resultados do estudo de fase II EORTC 90101, apresentados dia 15 de abril no AACR Annual Meeting 2018 e publicados simultaneamente no The Lancet Respiratory Medicine, sugerem que crizotinibe deve ser considerado como padrão de cuidados de tratamento sistêmico para a doença. Ana Gelatti (foto), oncologista do Hospital do Câncer Mãe de Deus, em Porto Alegre, e membro do Grupo Brasileiro de Oncologia Torácica (GBOT), comenta o estudo.

“Dada a raridade da patologia e os resultados frustrantes com os tratamentos convencionais, os dados nos encorajam a considerar crizotinibe como tratamento padrão nessa população, mesmo com os possíveis vieses de um estudo de fase II”, afirma Gelatti.

Sobre o estudo

Pacientes com diagnóstico local de tumor miofibroblástico inflamatório avançado/metastático foram selecionados para o tratamento com crizotinibe após a confirmação central do diagnóstico por patologia. Os pacientes elegíveis com ALK positivo (+) e negativo (-) receberam crizotinibe oral 250 mg duas vezes ao dia até a progressão da doença por RECIST 1.1. ALK+ foi definido como pelo menos 15% de células tumorais com rearranjo em FISH e/ou positividade imuno-histoquímica.

Se pelo menos 2 dos primeiros 12 pacientes ALK+ elegíveis e avaliáveis obtivessem uma resposta parcial ou completa (PR, CR) confirmada por RECIST 1.1, um máximo de 35 pacientes seriam inscritos. Se pelo menos 6 pacientes tivessem um PR/CR confirmado, o estudo seria considerado bem-sucedido.

Resultados

Entre outubro de 2012 e abril de 2017, 13 locais em 8 países europeus recrutaram 35 pacientes com diagnóstico local de tumor miofibroblástico inflamatório. Desses, 20 pacientes tiveram o diagnóstico confirmado centralmente e foram tratados com crizotinibe.

Entre 12 pacientes ALK+ elegíveis e avaliáveis, seis obtiveram uma resposta parcial ou completa confirmadas, um paciente teve resposta parcial não confirmada e cinco pacientes apresentaram doença estável (SD) como melhor resposta (ORR 50%, IC 95%: 21,1 - 78,9%). Outros endpoints de eficácia em pacientes ALK+ foram taxa de controle da doença (DCR = CR/PR/SD como melhor resposta) 100% (73,5 - 100%), taxa livre de progressão (PFR) em 1 ano (y) 73,3% (37,9-90,6%), taxa de sobrevida global em um ano (OSR) 81,8% (44,7-95,1%).

Entre 7 pacientes ALK-negativo elegíveis e avaliáveis, um obteve resposta parcial, cinco tiveram doença estável e uma doença progressiva (ORR 14,3%, 0,0-57,9%). Dados adicionais em casos de ALK: taxa de controle da doença 85,7% (59,8-100%), taxa livre de progressão em um ano 53,6% (13,2-82,5%), e taxa de sobrevida global em um ano 83,3% (27,3-97,5%).

Os eventos adversos relacionados ao tratamento mais comuns foram náuseas (11/20 [55%]), fadiga (9/20 [45%]), visão embaçada (9/20 [45%]), vômitos (7/20 [35%]), diarreia (7/20 [35%]).

“O estudo avaliou em braço único o uso de crizotinibe em 20 pacientes que foram avaliados centralmente para confirmação histológica e de positividade de ALK. 50% (6/12) dos pacientes ALK + apresentaram resposta parcial ou completa com uso de crizotinibe. A mediana de resposta no momento do cut off foi de 9 meses”, disse Gelatti.

De acordo com Schöffski, as limitações do trabalho incluem o fato de ser um estudo não comparativo, de braço único, com um número relativamente pequeno de pacientes. No entanto, dada a prevalência da doença, um estudo comparativo, randomizado e mais definitivo não seria possível.

O estudo tem o patrocínio da Pfizer.

Referência:  Prospective precision medicine trial of crizotinib (C) in patients (pts) with advanced, inoperable inflammatory myofibroblastic tumor (IMFT) with and without ALK alterations: EORTC phase II study 90101 "CREATE" - P. Schoffski et al


Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519