01122020Ter
AtualizadoSeg, 30 Nov 2020 1am

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Biopsia líquida e diagnóstico precoce

Biopsia Liquida NET OKUma equipe de pesquisadores deu um passo importante no diagnóstico precoce e definição da localização de alguns tipos de câncer. A inovação vem do CancerSEEK, um novo teste de biópsia líquida testado em 8 tipos comuns de câncer. Os resultados foram publicados na revista Science 18 de janeiro e mostram que a ferramenta tem potencial de ser empregada na triagem de rotina para diagnosticar tumores assintomáticos, quando as chances de cura são sabidamente melhores.

O novo teste examina mutações presentes no DNA tumoral  e quantifica algumas proteínas relacionadas ao câncer em uma amostra de sangue e foi avaliado no estudo liderado por Nickolas Papadopoulos, Bert Vogelstein e outros pesquisadores da Johns Hopkins, em Maryland. O estudo avaliou por sequenciamento regiões específicas de 16 genes frequentemente mutados em diferentes tipos de câncer e a esse painel foram adicionados oito biomarcadores de proteínas já conhecidas e características em tipos específicos de câncer.

O teste foi utilizado em amostras de sangue de 1005 pacientes com oito tipos de tumores sem presença de metástases e foi capaz de detectar entre 33% e 98% dos casos, dependendo do tipo de tumor (veja gráfico). A sensibilidade variou de 69% a 98% para câncer de ovário, fígado, estômago, pâncreas e esôfago, para os quais não há testes de triagem disponíveis. Além disso, CancerSEEK localizou o câncer em uma mediana de 83% dos pacientes. No entanto, o teste capturou apenas 43% dos tumores precocemente, em fase clínica 1.

A especificidade de CancerSEEK foi superior a 99%: apenas 7 dos 812 controles saudáveis obtiveram resultados positivos.

"Além de permitir a detecção de mutações de baixa frequência do tumor, o teste também diminui a taxa de falsos positivos devido a erros metodológicos, inerentes às técnicas de sequenciamento de nova geração. Outro ganho importante do CancerSEEK é o seu custo. Este foi compatível ou até mais baixo quando comparado ao custo de alguns exames de rastreamento já utilizados na prática clínica, o que torna a incorporação do teste ainda mais factível", afirma o biólogo molecular Gabriel Macedo, do Hospital de Cínicas de Porto Alegre.

Referência: Papadopoulos N et al Detection and localization of surgically resectable cancers with a multi-analyte blood test - DOI: 10.1126/science.aar3247


Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519