08032021Seg
AtualizadoSex, 05 Mar 2021 5pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Brasil inaugura banco de câncer de testículo

Brasil inaugura banco multicêntrico de câncer de testículoUm novo protocolo de pesquisa clínica marca a criação de um banco de dados multicêntrico para a inclusão de dados de pacientes com tumor germinativo de testículo. O protocolo tem apoio do LACOG-GU, grupo de pesquisa em tumores geniturinários, e está aberto à participação de todos os centros brasileiros e pesquisadores interessados.

 O objetivo do banco é coletar dados, principalmente prospectivos, que possam ampliar a compreensão da epidemiologia do câncer de testículo no Brasil, identificando não apenas dados clínicos, mas também de desfechos de tratamento.

“Esperamos que a médio e longo prazo o banco tenha dados de grande número de pacientes, de diferentes instituições do País”, prevê o oncologista Diogo Assed Bastos. “Assim, vamos poder avaliar se o tratamento que estamos empregando está dando resultados dentro do que reporta a literatura. No Brasil, não existem dados clínicos de desfecho para essa população de pacientes e o que esperamos é, de forma multicêntrica, obter esse dado e aprender sobre ele”, diz Diogo, que é membro do LACOG-GU e principal idealizador do banco de testículo.

Para participar, seja com a inserção de dados ou até para explorar os dados disponíveis no banco, cada instituição precisa submeter o protocolo de pesquisa aos processos de análise ética. “A ideia é fomentar diferentes iniciativas de pesquisa no cenário da oncologia brasileira. Os dados estarão abrigados em uma plataforma digital sob a posse do LACOG e podem ser utilizados pelos investigadores para responder diferentes questões de pesquisa, mediante à submissão de um projeto”, explica Diogo.

O câncer testicular é a neoplasia sólida mais curável, mas infelizmente tem o agravante de ser mais frequente na população jovem. Segundo o INCA, a incidência é de três a cinco casos para cada grupo de 100 mil indivíduos.

Os interessados em contribuir com o banco de testículos podem entrar em contato com o LACOG - Latin American Cooperative Oncology Group através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone (51) 3384 5334.

 


Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519