30112020Seg
AtualizadoSeg, 30 Nov 2020 1am

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Idade ao diagnóstico de câncer e risco cardíaco futuro

Risco_Cardiaco_NET_OK.jpgUma pesquisa publicada online dia 7 de novembro na revista Circulation, publicação da American Heart Association, sugere que a idade em que os sobreviventes de câncer são diagnosticados pode ajudar a prever o risco de morte por doença cardíaca.

Sobreviventes de câncer adolescentes e jovens adultos são um grupo pouco estudado. Pouco se sabe sobre os riscos de saúde a longo prazo, particularmente de doença cardíaca, que é aumentada em outras populações de câncer onde tratamentos cardiotóxicos têm sido utilizados. Pela primeira vez, as estimativas de risco de morte cardíaca após cada câncer diagnosticado entre as idades de 15 e 39 anos foram derivadas de uma grande coorte populacional com acompanhamento prolongado. O trabalho fornece uma base inicial para o desenvolvimento de diretrizes de acompanhamento baseadas em evidências.
 
Métodos e resultados
 
O estudo analisou dados de 200.945 sobreviventes da coorte do Teenage and Young Adult Cancer Survivor Study, que compreende sobreviventesde câncer no Reino Unido com idade entre 15 e 39 anos ao diagnóstico e sobrevida de pelo menos cinco anos. Os participantes do estudo foram diagnosticados entre 1971 e 2006, e seguidos até 2014.
Os resultados mostram que 6% (2016) das mortes foram atribuídas a doença cardíaca.
 
Para todos os tipos de câncer combinados e para todas as doenças cardíacas, pacientes com câncer diagnosticados entre 15 e 19 anos de idade tinham um risco mais de quatro vezes maior de morte por doença cardíaca do que a população sem câncer (95% CI, 3,4-5,2), diminuindo para 1,2 (95% CI, 1,1-1,3) para indivíduos diagnosticados entre 35 e 39 anos (2P para tendência <0,0001).
 
Padrões semelhantes foram observados tanto para as razões de mortalidade padronizadas quanto para os riscos absoluto para doença cardíaca isquêmica, doença cardíaca valvular e cardiomiopatia.
 
Sobreviventes de linfoma de Hodgkin, leucemia mielóide aguda, cânceres genitourinários diferentes do câncer de bexiga, linfoma não-Hodgkin, câncer de pulmão, leucemia, além de mielóide agudo, tumor do sistema nervoso central, câncer cervical e câncer de mama experimentaram 3.8, 2.7, 2.0, 1,7, 1,6, 1,4, 1,3 e 1,2 vezes o número de óbitos cardíacos esperados da população em geral, respectivamente.
 
Entre os sobreviventes de linfoma de Hodgkin com idade superior a 60 anos, quase 30% do número total de mortes observadas foram devido a doença cardíaca.
 
Referência: Cardiac Mortality Among 200,000 Five-Year Survivors of Cancer Diagnosed Aged 15-39 Years: The Teenage and Young Adult Cancer Survivor StudyCirculation. 2016;CIRCULATIONAHA.116.022514 - Originally published November 7, 2016 - http://dx.doi.org/10.1161/CIRCULATIONAHA.116.022514



Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519