20012021Qua
AtualizadoSeg, 18 Jan 2021 11pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Guideline: biomarcadores e terapia sistêmica adjuvante em câncer de mama

Buzaid_Portal_NET_OK.jpgA ASCO emitiu uma nova diretriz para a utilização dos testes de biomarcadores tumorais para orientar as decisões sobre terapia sistêmica adjuvante em câncer de mama. “Essas diretrizes irão mudar em futuro próximo com a apresentação dos resultados do MINDACT e OncotypeDx. Por ora, temos várias opções a considerar, cada uma com seus prós e contras, sendo que o custo ainda pesa muito na decisão”, afirma o oncologista Antonio Carlos Buzaid (foto), chefe-geral do Centro Oncológico Antônio Ermírio de Moraes.

O painel realizou uma revisão sistemática da literatura publicada de janeiro de 2006 a setembro de 2015 e identificou 50 estudos relevantes.

De acordo com as diretrizes da ASCO, os testes podem ser feitos em pacientes com status hormonal e receptor de HER2 conhecidos. O guideline recomenda os testes Oncotype DX, EndoPredict, PAM50, Breast Cancer Index e de receptores de ativador de plasminogênio tipo uroquinase para subgrupos específicos de pacientes.

"Na era da medicina de precisão, o papel dos biomarcadores para orientar cuidados clínicos é maior do que no passado. Um grande número de novos testes tem sido anunciado nos últimos 5 a 10 anos, mas nem todos têm provas suficientes de utilidade clínica”, disse Lyndsay N. Harris, que integrou o painel de experts responsável pela diretriz. "Com essas recomendações, esperamos auxiliar os médicos a definir quais testes precisam ser executados”, observou a especialista, lembrando que a linha de recomendações não substitui o diálogo entre médicos e pacientes para decidir planos de tratamento individualizados. 

Em conclusão, além dos receptores de estrogênio, progesterona e HER2, o painel encontrou evidências suficientes de utilidade clínica para os ensaios de biomarcadores Oncotype DX, EndoPredict, PAM50, Breast Cancer Index,  ativador de plasminogênio do tipo uroquinase e inibidor do ativador do plasminogênio tipo 1 em subgrupos específicos de câncer de mama. Nenhum biomarcador, exceto para receptor de estrogênio, receptor de progesterona e receptor HER2, deve orientar as escolhas de regimes de tratamento específicos. As decisões de tratamento devem também considerar o estágio da doença, comorbidades e preferências do paciente. 

Referência:Use of Biomarkers to Guide Decisions on Adjuvant Systemic Therapy for Women With Early-Stage Invasive Breast Cancer: American Society of Clinical Oncology Clinical Practice Guideline - Published online before print February 8, 2016, doi: 10.1200/JCO.2015.65.2289
Lyndsay N. Harris, Nofisat Ismaila, Lisa M. McShane, Fabrice Andre, Deborah E. Collyar, Ana M. Gonzalez-Angulo, Elizabeth H. Hammond, Nicole M. Kuderer, Minetta C. Liu, Robert G. Mennel, Cathy van Poznak, Robert C. Bast, and Daniel F. Hayes
 

 


Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519