23092020Qua
AtualizadoTer, 22 Set 2020 12am

Conheça o Podcast Onconews no Spotfy

Hormonioterapia adjuvante no câncer epitelial de ovário

C__ncer_Ov__rio.jpgResultados do ensaio de fase III AHT publicados no Journal of Clinical Oncology sugerem que a terapia hormonal adjuvante pode melhorar a sobrevida de mulheres com câncer epitelial de ovário.

“Apesar de incluir apenas 75 pacientes em cada braço, o estudo mostra uma diminuição surpreendente do risco de óbito de 37% em favor das pacientes que receberam hormonioterapia adjuvante", afirma. No entanto, era permitida a inclusão de pacientes de todos os estadios, o que compromete uma análise de sobrevida num estudo em oncologia”, observa o oncologista clínico Diocésio Alves Pinto de Andrade, membro do Grupo Brasileiro de Tumores Ginecológicos (EVA).
 
Segundo o especialista, a publicação do estudo numa revista de grande impacto como a JCO permite discutir a realização de novos estudos prospectivos com o mesmo racional realizado, porém com um maior número de pacientes incluídos. ”Friso ainda que se trata de um tratamento com baixíssimo índice de efeitos colaterais, o que melhoraria em muito a qualidade de vida destas pacientes”, acrescenta. 

Métodos e resultados 

O estudo foi iniciado em 1990, liderado por Rosalind Eeles, mas foi prematuramente interrompido devido ao baixo recrutamento. No ensaio clínico aberto, 150 mulheres na pré ou pós-menopausa diagnosticadas com câncer epitelial de ovário em 19 locais no Reino Unido, Espanha e Hungria foram distribuídos aleatoriamente entre 1990 e 1995 para receber terapia hormonal adjuvante (n = 75) ou placebo-controle (n = 75) durante 5 anos.
 
O acompanhamento médio foi de 19,1 anos. Morte ocorreu em 71% do grupo de terapia hormonal vs 91% do grupo controle (hazard ratio [HR] = 0,63, P = 0,011). A diferença permaneceu significativa após o ajuste para fatores prognósticos conhecidos (HR = 0,51, intervalo de confiança de 95% [IC] = 0,34-0,76). Eventos de sobrevida livre de recidiva ocorreram em 72% vs 91% dos pacientes, respectivamente (HR = 0,67, P = 0,032).
 
Mesmo diante das limitações enfrentadas no recrutamento, os investigadores observam que este continua a ser o maior ensaio randomizado para investigar se a terapia hormonal adjuvante tem impacto na sobrevida após o tratamento do câncer do ovário.
 
Referência: Adjuvant Hormone Therapy May Improve Survival in Epithelial Ovarian Cancer: Results of the AHT Randomized Trial - Rosalind A. Eeles, James P. Morden, Martin Gore, Janine Mansi, John Glees, Miklos Wenczl, Christopher Williams,  Henry Kitchener, Richard Osborne, David Guthrie, Peter Harper e Judith M. Bliss
 

 


Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
300x250 ad onconews200519