06122020Dom
AtualizadoSex, 04 Dez 2020 6pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Anti PD-L1 da Roche mostra resultados em câncer de pulmão

BALANCO_PULMAO_horiz_bx.jpgO estudo BIRCH, um ensaio pivotal de Fase II com a imunoterapia atezolizumab alcançou o objetivo primário e demonstrou que o anti PD-L1 se revelou efetivo no câncer de pulmão não pequenas células (CPNPC) localmente avançado ou metastático.

O estudo com atezolizumab (MPDL3280A) também mostrou que a quantidade de PD-L1 expressa pelo tumor é correlacionada com a resposta ao medicamento. Os eventos adversos foram consistentes com o que foi anteriormente observado para atezolizumab.
 
"Estamos encorajados pelo número de pacientes que responderam ao atezolizumab e mantiveram a resposta durante o estudo, o que é particularmente significativo para pacientes que haviam falhado a vários tratamentos anteriores", disse Sandra Horning, diretora de desenvolvimento global de produtos da Roche, que sinaliza o interesse da companhia em submeter os dados às autoridades de saúde para trazer este medicamento o mais rapidamente possível para os pacientes.'
 
No início deste ano, atezolizumab recebeu do FDA a designação de Breakthrough Therapy para o tratamento de pessoas com CPNPC em tumores que expressam PD-L1 e que progrediram durante ou após tratamentos convencionais, o que inclui, por exemplo, quimioterapia à base de platina e terapia-alvo para mutação EGFR ou ALK-positivo. Esta designação tem o objetivo de acelerar o desenvolvimento e avaliação de medicamentos destinados ao tratamento de doenças graves. 

Sobre o estudo BIRCH

BIRCH é um estudo aberto, multicêntrico, de braço único, de Fase II, que avaliou a segurança e a eficácia de atezolizumab em 667 pessoas com CPNPC localmente avançado ou metastático com expressão de PD-L1avaliada por imuno-histoquímica.
 
Os pacientes receberam uma dose intravenosa de 1.200 miligramas de atezolizumab a cada 3 semanas. O objetivo primário do estudo foi a taxa de resposta objetiva. Os objetivos secundários incluíram a duração de resposta, sobrevida global, sobrevida livre de progressão e perfil de segurança.
 
Atualmente, há 11 estudos de Fase III em curso ou previstos para avaliar atezolizumab em vários tipos de câncer.
 


Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519