25052022Qua
AtualizadoTer, 24 Maio 2022 1pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Anti PD-L1 da Roche mostra resultados em câncer de pulmão

BALANCO_PULMAO_horiz_bx.jpgO estudo BIRCH, um ensaio pivotal de Fase II com a imunoterapia atezolizumab alcançou o objetivo primário e demonstrou que o anti PD-L1 se revelou efetivo no câncer de pulmão não pequenas células (CPNPC) localmente avançado ou metastático.

O estudo com atezolizumab (MPDL3280A) também mostrou que a quantidade de PD-L1 expressa pelo tumor é correlacionada com a resposta ao medicamento. Os eventos adversos foram consistentes com o que foi anteriormente observado para atezolizumab.
 
"Estamos encorajados pelo número de pacientes que responderam ao atezolizumab e mantiveram a resposta durante o estudo, o que é particularmente significativo para pacientes que haviam falhado a vários tratamentos anteriores", disse Sandra Horning, diretora de desenvolvimento global de produtos da Roche, que sinaliza o interesse da companhia em submeter os dados às autoridades de saúde para trazer este medicamento o mais rapidamente possível para os pacientes.'
 
No início deste ano, atezolizumab recebeu do FDA a designação de Breakthrough Therapy para o tratamento de pessoas com CPNPC em tumores que expressam PD-L1 e que progrediram durante ou após tratamentos convencionais, o que inclui, por exemplo, quimioterapia à base de platina e terapia-alvo para mutação EGFR ou ALK-positivo. Esta designação tem o objetivo de acelerar o desenvolvimento e avaliação de medicamentos destinados ao tratamento de doenças graves. 

Sobre o estudo BIRCH

BIRCH é um estudo aberto, multicêntrico, de braço único, de Fase II, que avaliou a segurança e a eficácia de atezolizumab em 667 pessoas com CPNPC localmente avançado ou metastático com expressão de PD-L1avaliada por imuno-histoquímica.
 
Os pacientes receberam uma dose intravenosa de 1.200 miligramas de atezolizumab a cada 3 semanas. O objetivo primário do estudo foi a taxa de resposta objetiva. Os objetivos secundários incluíram a duração de resposta, sobrevida global, sobrevida livre de progressão e perfil de segurança.
 
Atualmente, há 11 estudos de Fase III em curso ou previstos para avaliar atezolizumab em vários tipos de câncer.
 


Publicidade
KITE PHARMA
Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
300x250 ad onconews200519