30112020Seg
AtualizadoSeg, 30 Nov 2020 1am

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

HERACLES: dupla Inibição do HER2 em câncer colorretal metastático

Colorretal_OK.jpgO estudo de fase II HERACLES sugere que a dupla terapia alvo-HER2 pode ser uma opção valiosa para o tratamento de um subgrupo de pacientes com câncer colorretal metastático resistente às terapias convencionais.

O HERACLES (HER2 Amplification for Colo-Rectal Cancer Enhanced Stratification), apresentado na ASCO por Salvatore Siena, do Niguarda Cancer Center, em Milão, Itália, avaliou a combinação de trastuzumab e lapatinib em câncer colorretal metastático HER2-positivo KRAS exon 2 selvagem.
 
Os participantes eram principalmente resistentes a cetuximab ou panitumumab, e o estudo descobriu que a dupla terapia alvo-HER2 pode ser uma nova alternativa para pacientes refratários ao tratamento com inibidores de EGFR merece uma avaliação clínica mais aprofundada em linhas anteriores de tratamento.
 
“A dupla inibição proporcionou uma taxa de resposta da ordem de 35%, um número bastante interessante nesse cenário de pacientes bastante refratários, já expostos a múltiplas linhas de tratamento”, afirma a oncologista Renata D’Alpino, do Centro Oncológico Antônio Ermírio de Moraes (COAEM).
 
Métodos e resultados
 
O estudo foi dividido em dois braços. No braço A, foi oferecido trastuzumab mais lapatinib, e no braço B trastuzumab mais pertuzumab. Foram apresentados apenas os resultados do braço A. Os resultados do braço B ainda são aguardados.
 
Os participantes elegíveis deviam possuir diagnóstico histológico de câncer colorretal metastático não passível de cirurgia, ECOG performance status 0 ou 1, sem metástases sintomáticas do sistema nervoso central, sangue, fígado, função renal e cardiovascular normais.
 
O status HER2 do tumor foi avaliado por imunohistoquímica (IHC 3+ ou IHC 2+ e FISH positiva em > 50% das células). A doença também deveria ter progredido após tratamento com fluoropirimidinas, oxaliplatina, irinotecano, cetuximab ou panitumumab (bevacizumab, aflibercept ou regorafenib foram autorizados, mas não obrigatórios).
 
O endpoint primário foi a taxa de resposta objetiva de acordo com os critérios RECIST v1.1. Os endpoints secundários foram tempo até a progressão e segurança.
 
De 849 pacientes com câncer colorretal metastático KRAS exon 2 do tipo selvagem, 46 (5,4%) eram HER2-positivo; 22 não foram elegíveis para o estudo; 24 pacientes foram inscritos, mas 23 foram avaliáveis para resposta.A idade média dos pacientes foi de 63 anos, sendo 21 homens e 3 mulheres; 18 pacientes tinham tumores HER2 IHC 3+ e seis pacientes tinham tumores HER2 IHC 2+.
 
Os participantes tinham realizado, em média, 5 linhas anteriores de terapia (intervalo 2-8) com 83% dos pacientes tendo recebido mais de 3 regimes terapêuticos prévios. Todos os pacientes foram previamente tratados com cetuximab ou panitumumab. No entanto, a resposta anterior aos anticorpos monoclonais EGFR foi de 0%.
 
O tratamento foi bem tolerado, sem toxicidades de graus 4-5. Os principais eventos adversos foram relacionados ao trato gastrointestinal (grau 2), com dois pacientestendo experimentado toxicidade de grau 3 (pele e fadiga). Não houve toxicidade cardíaca. Nenhum paciente interrompeu a participação devido à toxicidade, e mais do que 50% dos respondedores estavam em tratamento durante mais de 6 meses (intervalo de 5,3-16+ meses).
 
O endpoint primário foi alcançado, com 8 de 23 respostas objetivas. A taxa de resposta (resposta parcial mais resposta completa) foi de 34,7%. Doença estável em pelo menos 4 meses foi registrada em 30,4% dos pacientes. A taxa de controle da doença foi de 78%, com mediana de tempo até a progressão de 5,5 meses (7,3 meses em pacientes com HER2 3+ e 4,2 meses em HER2 2+).
 
O HERACLES é financiado pela Associazione Italiana Ricerca Cancro. GSK e Roche forneceram os medicamentos do estudo gratuitamente e a Roche financiou parcialmente os serviços de ensaios clínicos.
 
Referência: Siena S, Sartore-Bianchi A, Lonardi S, et al. Trastuzumab and lapatinib in HER2-amplified metastatic colorectal cancer patients (mCRC): The HERACLES trial. J Clin Oncol 33, 2015 (suppl; abstr 3508).
Clinical trial information: 2012-002128-33.
 

 


Publicidade
banner pfizer 2018 institucional 300x250px
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
banner_janssen2016_300x250_v2.jpg
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
Astrazeneca
Publicidade
IBCC
Publicidade
300x250 ad onconews200519