10082022Qua
AtualizadoTer, 09 Ago 2022 8pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Oncologista brasileiro integra nova diretoria da ESMO

azambuja ok bxO oncologista brasileiro Evandro de Azambuja (foto), chefe do Medical Support Team (ex-BREAST Data Centre) do Institut Jules Bordet, em Bruxelas, Bélgica, foi eleito Diretor de Associados da Sociedade Europeia de Oncologia Médica (ESMO) para o biênio 2023-2024.

“Meu foco é aumentar ainda mais a visibilidade da ESMO em diferentes países, em estreita colaboração com diferentes comitês da ESMO, trabalhando a diversidade e defendendo que o tratamento do câncer deve ser fornecido igualmente a todos os pacientes, independentemente de sua área geográfica”, afirmou Azambuja. “Como disse o Argentino César Milstein, ganhador do Prêmio Nobel de Medicina em 1984: a ciência só cumprirá suas promessas quando os benefícios forem igualmente compartilhados pelos realmente pobres do mundo”, acrescentou.

O oncologista Fabrice André, Chefe da Divisão de Pesquisa no Gustave Roussy Cancer Campus, França e atual editor-chefe do Annals of Oncology, principal publicação da ESMO, foi eleito como novo presidente da Sociedade Europeia, com mandato para 2025-2026. “Nosso objetivo é impulsionar ainda mais as tecnologias digitais e a biotecnologia na agenda científica, a fim de encontrar soluções para reduzir a complexidade das decisões de tratamento que os médicos enfrentam e diminuir a carga de tratamento para os pacientes graças à medicina de precisão”, afirmou.  

André acrescenta que a ESMO é uma organização global, o que a coloca em uma posição ideal para divulgar a ciência e o conhecimento da oncologia. “A primeira tarefa do Conselho é, portanto, consolidar e desenvolver ainda mais as atividades oferecidas aos membros da ESMO, garantindo a qualidade dos periódicos, conferências e outros recursos educacionais da ESMO, bem como sua relevância para um público global de oncologia”, destacou.

A Diretoria Executiva conta ainda com os médicos Nadia Harbeck, do Breast Centre, LMU University Hospital, em Munique, Alemanha, como a próxima Diretora de Educação; e Jean-Yves Blay, do Centre Leon Berard, França, que ocupará o cargo de Diretor de Políticas Públicas.

Publicidade
Publicidade
KITE PHARMA
Publicidade
NOVARTIS
Publicidade
FARMAUSA
Publicidade
https://xperienceforumoncologia21.com.br/
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
300x250 ad onconews200519