03082021Ter
AtualizadoTer, 03 Ago 2021 4pm

PUBLICIDADE
Daichii Sankyo

Congresso discute desafios para o câncer oral

De 8 a 11 de julho, o Brasil é sede do 5º Congresso da Academia Internacional de Câncer Oral (IAOO), em um encontro que também abriga o XXIII Congresso Brasileiro de Patologia Oral e Estomatologia, além do III Simpósio Latino Americano de Câncer de Cabeça e Pescoço. Luiz Paulo Kowalski, do AC Camargo Cancer Center, é o presidente do 5º IAOO e reafirma a importância do encontro. “Precisamos falar de câncer oral, o mais frequente dos tumores de cabeça e pescoço. No Brasil, cerca de 15 mil pacientes terão diagnóstico de câncer oral ao longo de 2015”, estima.

A quinta edição do IAOO acontece em São Paulo, no Sheraton WTC, e o tema deste ano alerta para o desafio global permanente na luta contra o câncer oral. Além do apoio da IAOO, que reúne formalmente médicos e pesquisadores da área envolvidos na etiopatogenia, epidemiologia, prevenção e gestão de tumores orais e periorais, o congresso recebe também a colaboração de diferentes organismos internacionais.

O programa científico prevê a participação de grandes autoridades da área, experts da expressão do radiooncologista holandês Johannes Langendijk, da Universidade de Groningen; Joseph Califano, da divisão de Cabeça e Pescoço da Johns Hopkins; Jatin Shah, do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center; Paul Brennan, do grupo francês de pesquisa em epidemiologia e genética dos cânceres de cabeça e pescoço; Ralph Gilbert, otorrinolaringologista da Universidade de Toronto, e Alexander Rapidis, da Universidade de Atenas.
Os números impressionam e o diagnóstico precoce permanece como um desafio. “Infelizmente, enfrentamos uma trágica realidade e cerca de 70% a 80% dos pacientes apresentam estadios avançados ao diagnóstico”, diz Kowalski.

A boa notícia é que é possível reverter esse cenário, conjugando esforços de diferentes profissionais da saúde para identificar precocemente as lesões pré-cancerosas. “Programas educacionais precisam difundir de uma maneira mais firme os fatores de risco, seja no combate ao tabagismo e ao etilismo, seja no estímulo à alimentação saudável”, enfatiza.
Ao lado do álcool e do cigarro, a infecção pelo papilomavírus humano (HPV) cresce como nova etiologia associada ao câncer oral e impõe um desafio a mais. O perfil de paciente de alto risco não é mais predominantemente constituído de homens em torno da quinta década de vida, tabagistas ou etilistas, em geral com déficits nutricionais e sérios problemas de saúde bucal. “Esse quadro mudou. Em tumores da orofaringe, alguns centros já registram um grande número de casos associados ao HPV, acometendo pacientes mais jovens, geralmente não tabagistas, homens e mulheres. Hoje em dia, todo mundo tem risco”, ensina o especialista, sinalizando novos paradigmas aos profissionais da saúde. “Queremos que os especialistas sejam multiplicadores. Médicos e dentistas precisam reconhecer uma lesão inicial”, diz .

Destaques

Entre os muitos destaques do programa científico, o presidente do 5º IOCC aponta as mesas que enfocam a mudança do perfil epidemiológico da doença, assim como lembra de apresentações que enfocam a predisposição genética ao câncer de cabeça e pescoço e suas implicações em programas de prevenção. “Vamos ter ainda um aprofundamento da discussão em torno de diversos achados recentes, tanto sobre a carcinogênese quanto no envolvimento da imunomodulação na gênese dos tumores e suas implicações terapêuticas”.
Novidades diagnósticas e terapêuticas, como as técnicas de fluoroscência, têm lugar na programação e ao lado da grade principal vale lembrar que o 5º IOCC ainda reserva espaço para apresentação de temas livres e exibição de pôsteres. Paralelamente, o Congresso Brasileiro de Patologia Oral e Estomatologia congrega dentistas interessados no assunto. “Durante dois dias, teremos a oportunidade de rever muitos dos conceitos atuais de diagnósticos de câncer oral, pré-câncer e diagnóstico diferencial, sem falar de uma série de discussões sobre inovações cirúrgicas e modernas abordagens de tratamento”. 

Mais informações: 5º Congresso da Academia Internacional de Câncer Oral (IAOO)


Publicidade
MERCK
Publicidade
SANOFI
Publicidade
banner astellas 2019 300x250
Publicidade
banner libbs2019 300x250
Publicidade
Zodiac
Publicidade
300x250 ad onconews200519